Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

oportunidade

Cursos de capacitação oferecem qualificação gratuita a ex-detentos de Pernambuco

Publicado em: 10/10/2019 12:04 | Atualizado em: 10/10/2019 12:16

Ray Evllyn/ SJDH
Retornar ao mercado de trabalho depois de passar pela prisão é um desafio que envolve sensibilidade das empresas, comprometimento dos reeducandos e iniciativas que possibilitem o recomeço. Em Pernambuco, eles contam com cursos de qualificação e a vagas de trabalho oferecidas através de parcerias com empresas públicas e privadas.

Para mudar de vida, 2.114 egressos trabalham como autônomos e empreendedores e mais de 70% deles já se qualificaram através de diversos cursos. 

José Amaro, 25, cumpre pena no regime aberto e trabalha como pedreiro há seis meses. Através das qualificações oferecidas, o reeducando fez cursos de Pedreiro, Manutenção Elétrica e Doces e Salgados. “Não consegui um trabalho tão rápido e resolvi investir na minha qualificação e com os cursos passei a trabalhar para mim mesmo. Consigo ganhar o suficiente para manter minha vida com dignidade, mas é preciso ter força de vontade”, explica.

No estado, quem é responsável pelo acompanhamento e reinserção social dessas pessoas é o Patronato Penitenciário. O orgão, vínculado à Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), também oferece aos ex-detentos apoio psicossocial e jurídico. 

Atualmente, 100 egressos estão fazendo cursos, através de parcerias com empresas privadas nas áreas de mecânica, estética e refrigeração. “Muitos estão trabalhando por meio de convênios, outros estão usando o aprendizado das aulas para empreender”, conta o secretário Pedro Eurico.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Um ato por justiça e solidariedade
Resumo da semana: criança morre ao cair de prédio e reabertura pós-quarentena
05/06: Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Covid-19 põe indígenas amazônicos em grande risco
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco