Trânsito Pedestres e motoristas aprovam Zona 30 da Ilha do Leite

Por: Diogo Cavalcante

Publicado em: 18/09/2019 20:42 Atualizado em:

Em um trecho de 1.090 m² da Ilha do Leite, agora só é possível trafegar a 30 km/h. Foto: Bruna Costa/Esp. DP
Em um trecho de 1.090 m² da Ilha do Leite, agora só é possível trafegar a 30 km/h. Foto: Bruna Costa/Esp. DP
Nesta quarta-feira (18), a Autarquia de Trânsito e Transporte Urbano do Recife (CTTU) reduziu a velocidade máxima tolerada em um trecho de 1.090 metros quadrados do bairro da Ilha do Leite. A área é a segunda da capital a receber a chamada Zona 30 - perímetro urbano em que os veículos não podem trafegar a mais de 30 quilômetros por hora. A iniciativa visa garantir um trânsito mais seguro. O espaço onde o conceito foi implantado é conhecido por ter escolas e hospitais.

A maioria dos pedestres e motoristas que trafegam pelo local aprovaram a iniciativa. As técnicas de enfermagem Wedja Paula Souza, 24; Yone Fátima Ferreira, 23; e Josideise Santos, 48, afirmam que deu para sentir no primeiro dia efeitos práticos. “Logo cedo, começa a correria. E antes tinha carro que nem respeitava sinal”, aponta Wedja. “A gente consegue transitar com mais facilidade. E se continuar o policiamento, melhor ainda para a gente”, brinca Yone. 

De carro, o motorista de aplicativo Júnior Albuquerque, 34, também elogiou a medida. “Tanto para nós, no carro, quanto para quem está a pé, fica melhor. Dá mais segurança”, comenta. Já a auxiliar administrativa Vaniele dos Santos, 31, se mostrou hesitante. “Estava até comentando com os amigos. 30 quilômetros é muito pouco. Com essa velocidade, vai gerar muito mais trânsito”, pondera.

Mapa da Zona 30 da Ilha do Leite. Espaços amarelados são onde a velocidade foi reduzida. Arte: CTTU/Divulgação
Mapa da Zona 30 da Ilha do Leite. Espaços amarelados são onde a velocidade foi reduzida. Arte: CTTU/Divulgação

A Zona 30 da Ilha do Leite compreende um polígono entre a Praça Miguel de Cervantes, a Avenida Frei Matias Tevis e trechos das ruas Estado de Israel, Jornalista Trajano Chacon, Elvira Carreira de Oliveira, Senador José Henrique e Antônio Gomes de Freitas. Ainda, uma parte da via local da Avenida Agamenon Magalhães integra o perímetro.

Outras novidades
A área de Zona 30 ganhou novas placas e refúgios de pedestres - área pintada em verde no piso das ruas, onde a pessoa pode ficar e aguardar o momento certo de atravessar. Na próxima segunda-feira (23), é a vez do perímetro virar área de Zona Azul, para trazer maior rotatividade às vagas de estacionamento em área pública.

Até o fim de setembro, as ruas de Zona 30 no polígono passarão a contar com ciclorrotas - trecho em que trafegam bicicletas e carros ao mesmo tempo. Com 2,4 quilômetros de extensão, a Rota Cicloviária da Ilha do Leite ficará em trechos das ruas Jornalista Trajano Chacon, Elvira Carreira de Oliveira, Senador José Henrique, Antônio Gomes de Freitas e Francisco Alves, além de parte da Praça Miguel de Cervantes e da Avenida Frei Matias Teves.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.