Trabalho Governo de Pernambuco nomeia 225 novos funcionários para a saúde

Publicado em: 18/09/2019 11:43 Atualizado em:

Lista de convocados inclui 157 são médicos de diversas especialidades. Foto: Miva Filho/SES
Lista de convocados inclui 157 são médicos de diversas especialidades. Foto: Miva Filho/SES
O Governo de Pernambuco nomeou, nesta quarta-feira (18), mais 255 profissionais para a rede estadual de saúde. Os novos servidores, aprovados em concurso público, serão lotados em 18 hospitais espalhados por todo o estado, além do nível central da SES-PE, Apevisa, Lacen e Farmácia de Pernambuco. O estado nomeou 835 servidores para esse setor em 2019 e 7,5 mil desde o início da gestão.

"Nos últimos cinco anos, mais de 200 mil pernambucanos perderam seus planos de saúde e isso tem gerado um aumento na demanda de pacientes nos hospitais, e, consequentemente, na necessidade de internamentos e nas demandas por exames. Esse chamamento só reforça a priorização da área pela gestão estadual e o compromisso com o atendimento da nossa população”, afirma o secretário estadual de Saúde, André Longo.

Dos 255 novos servidores, 157 são médicos de diversas especialidades, como cardiologista, cirurgião geral e vascular, clínico geral, intensivista adulto e pediátrico, neonatologista, neurocirurgião, neuropediatra, neurologista, pediatra, psiquiatra, radiologista, tocoginecologista, traumato-ortopedista e urologista.

Entre os outros 98, estão enfermeiros obstetra e uteísta, farmacêutico, fisioterapeuta (em terapia intensiva e respiratório), além de técnicos de enfermagem, imobilização, laboratório, radiologia e farmácia. Os profissionais serão lotados nos municípios do Recife, Jaboatão dos Guararapes, Limoeiro, Caruaru, Garanhuns, Salgueiro, Afogados da Ingazeira, Serra Talhada e Goiana. Nos próximos dias, os profissionais convocados serão chamados, por meio de telegrama, para perícia, posse e posterior lotação.

Além da convocação de profissionais concursados, a Secretaria de Saúde também tem realizado seleções simplificadas, inclusive para cargos comissionados, como os 12 gerentes das Gerências Regionais de Saúde (Geres), que foram empossados no final de julho. Já na área de Vigilância em Saúde, a seleção com 31 vagas de nível superior está em fase de homologação.

Foram selecionados 259 profissionais de saúde, de nível médio e superior, para atuarem em 18 estabelecimentos penais entre presídios, penitenciárias, colônias femininas e hospitais de custódia, além de oito Gerências Regionais de Saúde (Geres) e sede da SES. Os profissionais (22 médicos clínicos, 19 médicos psiquiatras, dois médicos infectologistas, 41 enfermeiros, 21 cirurgiões-dentistas, 24 assistentes sociais, 41 psicólogos, 21 farmacêuticos, 42 técnicos de enfermagem, 21 auxiliares de saúde bucal, além de um advogado e três apoiadores institucionais de Saúde Prisional), que iniciaram sua jornada em agosto deste ano, estão integrando as equipes de Atenção Básica Prisional (EABp) e de Avaliação e Acompanhamento das Medidas Terapêuticas Aplicáveis à Pessoa com Transtorno Mental em Conflito com a Lei (EAP), além das Regionais de Saúde do Recife, Limoeiro, Palmares, Caruaru, Garanhuns, Arcoverde, Salgueiro e Petrolina.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.