Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Mobilidade fluvial

Startup recifense Navegue ganha prêmio do Principado de Mônaco

Publicado em: 05/08/2019 21:49 | Atualizado em: 05/08/2019 21:57

Foto: Divulgação/ Equipe Navegue.
A startup Navegue, aplicativo que pretende unir demanda e serviço por transporte fluvial pelo Rio Capibaribe, ganhou na última sexta-feira (2) o primeiro lugar no Desafio de Inovação, Empreendedorismo e Sustentabilidade do Principado de Mônaco, durante a Gramado Summit, um dos maiores eventos de startups do país e que acontece no região sul do Brasil. 

LEIA MAIS
Projeto prevê implantação de 'Uber dos barcos' no Recife


A empresa concorreu com centenas de startups. Como prêmio, a equipe, genuinamente recifense, vão participar de uma missão para conhecer o ecossistema de inovação em navegação e energia solar em Mônaco. “Além disso, o evento em Gramado serviu para que o nosso grupo entrasse em contato com uma série de investidores e membros de governos interessados no projeto”, comemorou um dos desenvolvedores do aplicativo, o advogado especialista em Direito Ambiental, Caio Scheidegger. Além dele, integra a equipe a urbanista  Nathália Machado, o programador Luiz Delgado e o designer Igor Cabral.

O prêmio promovido pelo Principado de Mônaco é focado em projetos de impacto social, inovação e tecnologia e é referência na ciência e inovação náutica, com investimentos em biodiversidade e inovação há décadas. “A missão da Navegue deve ocorrer em 2020, mas já de agora a empresa inicia a organização e articulação junto com estaleiros e centros de inovação em energia solar instalados na região”, adiantou Caio.

A Navegue é uma startup formada no Open Mobility Hackathon 2019, que ocorreu em fevereiro deste ano no Porto Digital, numa parceria entre o NGPD, o Consulado Britânico e a Prefeitura do Recife. No evento, foram apresentadas as bases de dados abertos disponibilizadas pela PCR, além dos objetivos e metas do Plano de Mobilidade elaborado pelo ICPS.

A Navegue ganhou o primeiro lugar no Open Mobility Hackathon 2019, com direito a uma vaga no programa de formação empreendedora Mind The Bizz, do Porto Digital. Atualmente, a startup está incubada no parque tecnológico. A solução proposta pela startup estimula a mobilidade através dos rios com pequenas embarcações, com administração de reserva e agendamento de horário para pequenos trajetos por meio de aplicativo móvel.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rhaldney Santos entrevista o candidato à prefeitura do Recife Coronel Feitosa (PSC)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #162 Anelídeos: segmentação corporal e parapódios
De 1 a 5: Dicas para a sua bicicleta ser seu transporte diário
Ministério da Saúde autoriza volta parcial da torcida na Série A
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco