UFPE Seminário marca data comemorativa das lutas do feminismo negro

Publicado em: 13/08/2019 20:28 Atualizado em:

Foto: Reprodução Internet.
Foto: Reprodução Internet.
O Instituto de Estudos da América Latina (IAL) da UFPE vai realizar, em parceria extensionista com o Núcleo Interdisciplinar de Estudos e Pesquisas no Campo do Lazer da Cultura (Niel), nesta quarta-feira(14), o Seminário Mulheres Negras Afro-Latino-Americanas e Caribenhas: olhares e resistências sócio-históricas. O evento ocorrerá na Biblioteca Central da UFPE, das 8h às 16h.

Está inserido no rol de vivências do dia 25 de julho, o qual, desde 1992, com a realização do 1º Encontro de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas, em Santo Domingo, na República Dominicana e a criação da Rede de Mulheres Afro-Latino-Americanas e Afro-Caribenhas, foi definido como Dia da Mulher Afro-Latino-Americana e Caribenha.

Vivenciar o 25 de julho representa o reconhecimento e a valorização das lutas do feminismo negro que compreende o racismo como fenômeno estrutural das sociedades que precisa ser enfrentado.

Nesse sentido, o evento se propõe a contribuir com estas lutas, entre outras ações, por meio de um seminário pensado e desenvolvido por mulheres negras e não negras para fomentar o debate em um espaço que aporte discussões acadêmicas, militantes e acadêmico-militantes para contribuirmos com o processo de superação do racismo e das desigualdades de gênero.

Mais informações
ial2015ufpe@gmail.com


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.