Pacto pela Vida Taxa de feminicídio cai 22,9% no primeiro semestre deste ano

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 12/07/2019 08:31 Atualizado em: 12/07/2019 08:53

Foto: Hélia Scheppa/SEI. (Foto: Hélia Scheppa/SEI.)
Foto: Hélia Scheppa/SEI.
O número de mortes violentas de mulheres em Pernambuco no primeiro semestre de 2019 foi o mais baixo da série histórica da Secretaria de Defesa Social (SDS), iniciada em 2004. Foram registrados 102 casos no primeiro semestre de 2019, - 19,7% em relação ao mesmo período do ano anterior. Uma das motivações do CVLI de mulheres é o feminicídio, que caiu 22,9% no primeiro semestre deste ano em relação ao de 2018.

O ano que reistrou o índice mais alto desses crimes foi 2006, com 174 casos. Antes, o ano com menos Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) de mulheres havia sido 2010, com 126 casos. Em comparação com os seis meses iniciais de 2018, quando 127 mulheres morreram vítimas de CVLI, a redução em 2019 chegou a 19,7%. 

SAIBA MAIS

Outro crime contra as mulheres que apresentou retração foi o estupro. As queixas em junho deste ano foram menores em 34,09% em relação ao de 2018 (de 220 para 145 vítimas). No semestre, o recuo das notificações policiais de estupro chegou a -18,21% na comparação com os seis primeiros meses do ano passado, caindo de 1.362 para 1.114 casos.

De modo geral, os CVLIs nesse primeiro semestre, também apresentaram queda: -23%, saindo de 2.284 para 1.757, o que representa 527 vidas poupadas. Um total de 107 municípios, além de Fernando de Noronha, não registraram mortes. No recorte apenas do mês de junho, a diminuição é ainda mais expressiva, com -66,7%, passando de 9 ocorrências do sexto mês de 2018 para 3 no de 2019.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.