Violência Assalto deixa um policial militar morto e outro ferido em Santa Cruz do Capibaribe

Publicado em: 01/07/2019 19:15 Atualizado em: 01/07/2019 20:58

Foto: Divulgação/PM
Foto: Divulgação/PM

Uma tentativa de assalto a um mercadinho e a uma casa lotérica, em Santa Cruz do Capibaribe, no Agreste pernambucano, terminou com um policial militar morto e outro ferido. O assalto aconteceu numa localidade conhecida como Malhada do Meio. De acordo com populares, os bandidos estavam saindo dos estabelecimentos quando foram interceptados pela polícia e atiraram na guarnição que passava no local.

Três homens teriam participado da investida criminosa, que ocorreu na manhã desta segunda-feira (1). Houve perseguição e troca de tiros, que atingiram a viatura onde estavam os dois policiais. Em uma das portas do veículo é possivel contar mais de 40 buracos provocados pelos disparos, que seriam de uma espingarda calibre 12. Os criminosos conseguiram escapar. 
 
Os policiais militares faziam rondas de rotina quando foram surpreendidos. O profissional que morreu foi identificado como o soldado do 24º Batalhão da Polícia Militar (BPM) André José da Silva. O outro, identificado como sargento Moacir Moreira da Silva, foi levado para a UPA de Santa Cruz do Capibaribe e está em estado estável. De acordo com a Secretaria de Defesa Social (SDS-PE), os órgãos de defes de Pernambuco estão trabalhando de maneira integrada com a Paraíba e Alagoas para identificar e prender os suspeitos. O carro utilizado pelos criminosos foi encontrado na Paraíba.

Em nota, a SDS afirmou que "a morte do soldado André José da Silva é irreparável para a segurança pública e, mais ainda, para seus familiares e amigos" e que "a Polícia Militar está, neste momento, empenhada em dar todo o apoio aos familiares neste momento de dor".
 
A Força-Tarefa Bancos da SDS, integrada pelas polícias Civil, Militar e Científica, está fazendo as buscas e investigações, coordenadas pelo delegado Bruno Machado, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP). Perícias foram feitas no local, na busca por indícios que possam levar aos suspeitos.  O Grupamento Tático Aéreo (GTA) também está envolvido na ocorrência. "O trabalho será incansável até que haja uma resposta a esse crime", afirmou a nota.

Também em nota, a Polícia Federal de Pernambuco informou que recebeu com profundo pesar o falecimento do soldado André José da Silva. A nota afirma que o soldado foi "morto no estrito cumprimento do dever legal!" e que "a Polícia Federal se solidariza com todos os familiares do militar e com toda a corporação neste momento de dor e profunda tristeza".

A Polícia Militar de Pernambuco também expressou pesar pelo o falecimento do soldado. Segundo a PM, a vítima tinha 32 anos de idade, sendo quase dois deles de serviços prestados à PMPE. "O comandante-geral da Corporação, coronel Vanildo Maranhão, em nome de toda a tropa, se solidariza com os familiares do policial militar", afirmou a nota.  


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.