Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Local

Educação

Ação estimula estudantes da rede municipal do Recife a pensarem sobre o futuro

Publicado em: 06/06/2019 17:11 | Atualizado em: 06/06/2019 18:27

Foto: PCR/Divulgação.
Alunos da Escola Municipal Professor Nilo Pereira, localizada em Casa Amarela, Zona Norte do Recife, apresentaram, um Plano de Promoção Pessoal para o futuro. A estratégia é um estímulo do Projeto Descolado, implantado em escolas municipais com alunos dos sextos anos do ensino fundamental, sob a coordenação da Secretaria de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas Sobre Drogas do Recife, em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, com a proposta de prevenção às drogas. A iniciativa também foi executada na Escola Municipal Otávio de Meira Lins, somando, assim, mais de 250 alunos participantes. Outras unidades escolares receberão o Descolado até o fim do ano.

"Nosso objetivo é que o jovem pense no quer para sua vida e o mais importante que os seus sonhos não sejam interrompidos pelo uso de drogas. Muitas vezes, eles não param para refletir sobre o querem para sua vida, e o Projeto Descolado alerta e incentiva o estudante a pensar no futuro”, destaca a secretária de Desenvolvimento Social, Juventude, Políticas Sobre Drogas do Recife, Ana Rita Suasssuna. "O aluno é estimulado a fazer uma reflexão crítica e fazer na prática um Plano de Promoção Pessoal (PPP) para ele mesmo. O projeto busca trabalhar o protagonismo juvenil, mostrando que o sonho está com o próprio jovem", afirma a secretária-executiva de Política Sobre Drogas, Ana Paula Marques.

A proposta favorece o desenvolvimento de habilidades sociais, interpessoais e cognitivas, por meio da realização de encontros com aulas expositivas e experimentais com estímulo à reflexão, discussão em rodas de conversa e dinâmicas de grupo. “O PPP é uma prática de planejamento em que os estudantes param e fazem uma reflexão de médio ou longo prazo dentro do que eles querem para suas vidas. Ajudamos nessa construção, mostrando como podem atingir seus objetivos, as dificuldades que podem surgir”, reforça o gerente de Prevenção da Secretaria, Semaías Rosa.

A estudante Kezya Rafaely dos Santos, 12, disse que aprendeu a planejar o futuro. “Pensei nos meus sonhos, o que posso fazer para conseguir e o que pode impedir de realizar esses sonhos”, disse a estudante que quer ser bailarina. A culminância é um dos momentos mais importantes do projeto. Nela, os estudantes têm a oportunidade de exibir o que foi vivenciado e o que aprendeu durante a realização das atividades, expressando para a comunidade escolar as suas expectativas e de como se sentem frente aos vários desafios nos contextos escolar, social e pessoal.

Metodologia

O Sistema Mais Recife de Políticas sobre Drogas vem realizando ações de mobilização que visam a Prevenção, o Cuidado e a Reinserção Social de pessoas em vulnerabilidade. Nessa perspectiva, está inserido o Projeto Descolado tem a proposta de sensibilizar os estudantes do sexto ano da rede municipal de ensino, para a prevenção ao uso e abuso de álcool e outras drogas.

A execução do Projeto Descolado teve início com a realização de um encontro com os Professores da Escola Professor Nilo Pereira em Casa Amarela, para apresentar o projeto, bem como sensibilizá-los e tornar conhecido os temas a serem abordados durante os encontros. Foi tomado o cuidado de se fazer a interface com a realidade prática da atuação de cada docente em sala de aula.

A equipe do Descolado também alinhou junto à gestão escolar, um momento para a participação na reunião com os alunos do sexto ano, que foram sensibilizados e convidados a participarem ativamente do projeto. Pais dos alunos também foram mobilizados. Para eles foi feita uma abordagem do tema prevenção ao uso e abuso de álcool e outras drogas, ressaltando-se a importância da supervisão dos pais e responsáveis como um dos principais fatores de proteção dos jovens. 


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Maria, mãe de um povo ferido
Confira a estreia do programa In set
Educação humanizadora e não violência nas escolas
João e os 50 anos de colunismo social
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco