Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Ampliação

Hospital da Mulher do Recife terá tratamento de hormonização para população LBT

Publicado em: 24/06/2019 15:58 | Atualizado em: 24/06/2019 16:05

Os profissionais de saúde do ambulatório LBT não são exclusivos desse público, mas sim atendem todas as usuárias da unidade. Foto: Mandy Oliver/Esp.DP foto

O Hospital da Mulher do Recife, no Curado, está ampliando o atendimento para o público LBT (lésbicas, bissexuais e transexuais), oferecendo tratamento de hormonização. A intervenção consiste em alterações no corpo com um tratamento hormonal, a partir da identidade de gênero. Com o incremento do atendimento, a unidade passou a contar também com mais um médico no ambulatório de Endocrinologia.

Os profissionais de saúde do ambulatório LBT não são exclusivos desse público, mas sim atendem todas as usuárias da unidade. “A criação do ambulatório LBT veio atender uma necessidade de oferecer um serviço que levasse em conta a liberdade de gênero”, explica a diretora geral da unidade, Isabela Coutinho.

Atendimento - O ambulatório LBT (lésbicas, bissexuais e transexuais) é um dos serviços especializados do Hospital da Mulher do Recife. Ele foi criado com o objetivo de promover a saúde integral dessa população, com uma abordagem humanizada e respeitosa. O serviço funciona desde a inauguração do hospital, para as especialidades médicas e não médicas oferecidas pela unidade, mas o processo inicial do atendimento passa pelo Serviço Social, Psicologia e Ginecologia. 

Para ter acesso ao serviço, a paciente deve procurar a unidade básica de saúde mais próxima de sua residência, assim como todas as usuárias do HMR. Posteriormente, ela é encaminhada pela Central de Regulação do Recife para atendimento no Hospital da Mulher.  No entanto, no caso do ambulatório LBT, a mulher pode conhecer o serviço e ter acesso à entrevista social, sem necessidade de marcação prévia. Para isso, basta se dirigir ao HMR, de segunda à sexta-feira, das 7h às 13h. O atendimento da Ginecologia acontece nas segundas e quartas-feiras. Só são atendidas pacientes com SUS do Recife.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Resumo da semana: segunda onda da pandemia, drones na eleição e campanha sem aglomeração
Rhaldney Santos entrevista João Paulo (PCdoB)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão
Rhaldney Santos entrevista Dr Carlos Romeiro, ortopedista
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco