Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Local

LIVROS

Seminário Biblioteca nas Escolas chega a Nazaré da Mata e Caruaru

Publicado em: 21/05/2019 20:15 | Atualizado em: 21/05/2019 20:18

Castilho (no meio) e Volnei Canônica, então diretor do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas do MinC, entregando o projeto de lei à senadora Fátima Bezerra em maio de 2016 | Assessoria do Gabinete da senadora. Foto: Divulgação
A importância das bibliotecas e de políticas de promoção do hábito e da rotina da leitura em qualquer instância do ensino é algo indiscutível. Passível de discussão são os meios de como isto pode ser empreendido tanto pelo poder público quanto pela sociedade civil. E é o que estará em pauta durante o III Seminário biblioteca nas escolas: da leitura na escola para uma vida de leituras. O evento acontece nesta quarta (22), em Nazaré da Mata e na próxima quinta (23), em Caruaru. Trata-se da segunda parte do encontro  - realizado pela Editora Cubzac, com patrocínio da Companhia Editora de Pernambuco (CEPE) - que teve lugar no mês de abril nas cidades de Recife e Triunfo. É uma parceria com as secretarias de educação dos estados e municípios pernambucanos, voltados para profissionais de biblioteca da rede pública. Quem quiser participar, gratuitamente, entretanto, ainda pode entrar em contato pelo e-mail bibliotecanasescolas@gmail.com. Os encontros acontecem nos auditórios das gerências regionais de educação (GRE) das cidades, das 9h às 12h e das 13h30 às 16h30.

O objetivo do seminário é conscientizar os gestores de educação, professores e profissionais de biblioteca da importância da mesma na escola para formação de leitores. Um dos convidados é o bacharel e doutor em filosofia pela USP, José Castilho Neto. Ele esteve a frente do processo de elaboração e aprovação da lei 13.696/18 e que é denominada pelo seu nome, Lei Castilho. A legislação, que aguarda por regulamentação no Governo Federal, institui a Política Nacional de Leitura e Escrita, em processo de elaboração desde 2007 e sancionada no ano passado. Ela
estabelece estratégias que devem contribuir para a universalização do direito ao acesso ao
livro, à leitura, à escrita, à literatura e às bibliotecas, a exemplo do comprometimento, do estado brasileiro, de, a cada dez anos, criar um novo plano traçando e estabelecendo metas e ações para o segmento.

A programação está dividida em dois momentos, nos dois locais: manhã e tarde. Durante o primeiro período, será debatido o tema Bibliotecas como contexto essencial para formação de leitor com as palestrantes Ana Dourado e Amanda Leal. No segundo, a temática será Lei 12.244/10 da universalização das bibliotecas escolares, Lei 13.696/18 (Lei Castilho) com o próprio José Castilho, além de Wellington Melo e Luciana Lima. 

Nos dias 28 e 29, acontecem oficinas para coordenadoras de biblotecas, na Biblioteca Pública Estadual, no Parque 13 de maio. 

Sobre os palestrantes

José Castilho

Bacharel e Doutor em Filosofia pela USP. Foi Secretário Executivo do Plano Nacional do
Livro e Leitura - PNLL/MEC, programa criado pelo Ministério da Cultura e da Educação
do Governo Federal. Foi também presidente da Associação Brasileira de Editoras
Universitárias (ABEU) e da Associação de Editoras Universitárias da América Latina e
Caribe (EULAC). É docente da UNESP - Universidade Estadual Paulista, tendo exercido
os cargos de editor executivo e editor da Editora UNESP. Foi diretor geral da Biblioteca
Pública Municipal Mário de Andrade (BMA), de 2002 a 2005, além de ter coordenado a
parte executiva do VIVA LEITURA 2005. Esteve a frente do processo de elaboração e
aprovação da lei 13.696/18 (Lei Castilho), que institui a Política Nacional de Leitura e
Escrita. Atualmente é consultor em programas de formação de leitor e políticas
públicas relacionadas ao livro, leitura, literatura e bibliotecas.

Ana Dourado

Doutora em Literatura pela UFPE, mestre em História pela University of Essex,
Inglaterra. Atua na formação em mediação de leitura, dinamização de bibliotecas e
qualificação no uso de acervo. Atuou como Secretária-Executiva de Alfabetização e
Aprendizagem na Secretaria Municipal do Ipojuca/PE (2014 e 2015) e como
Coordenadora-Geral de Leitura no Ministério da Cultura, atuando na Diretoria de Livro,
Leitura, Literatura e Bibliotecas. Foi Secretária Executiva de Direitos Humanos da
Prefeitura de Caruaru/PE e atualmente é professora nos cursos de Letras e Pedagogia
na FAFIRE.

Amanda Leal

Professora colaboradora no Departamento de Jornalismo e Editoração (ECA/USP).
Socióloga (FFLCH/USP), Mestre e Doutora em Ciência da Informação (PPGCI-ECA/USP).
Estágio de doutorado de 12 meses na Université de Cergy-Pontoise/França
(PDSE/CAPES). Possui experiência de mais de 15 anos em organizações não-governamentais e
públicas na área de livro, leitura, bibliotecas e formação de leitores e mediadores de
leitura. Pesquisadora do ColaborI - Colaboratório de Informação e Educação -
Infoeducação (CBD-ECA/USP). Coordena o Projeto Piracaia na Leitura, na cidade de
Piracaia – SP.

Luís Serguilha

Poeta e ensaísta.Possui textos publicados em diversas revistas de literatura e arte. É
responsável por uma coleção de poesia contemporânea brasileira–EditoraCosmorama(COIMBRA-PORTUGAL).Pesquisador da poesia brasileira atual. Foi um dos curadores do Encontro Internacional de Literatura e Arte: Portuguesia. Écurador e organizador do evento literário RAIAS-
POÉTICAS:Afluentes IBERO-AFRO-AMERICANOS de ARTEe PENSAMENTO, realizado
anualmente em Vila Nova de Famalicão(Portugal).

Wellington de Melo
Escritor, editor e tradutor. Doutorando em Teoria Literária pela UFPE. Coordenou a
pasta de Literatura da Secretaria de Cultura do Governo de Pernambuco, onde ajudou
a articular o Plano Estadual do Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas. Atualmente
ocupa o cargo de editor da Companhia Editora de Pernambuco -Cepe.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Cavani Rosas e o percurso entre a ciência e o sobrenatural
In Set com Alessandra Pires
Tecnologia e inovação aplicadas à educação
Moradores cobram inauguração da Upinha Rio da Prata
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco