Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local

Menos retenções

Semáforos inteligentes na BR-101, em Abreu e Lima, aumentam velocidade em 48%

Publicado em: 19/02/2018 08:15 | Atualizado em: 19/02/2018 09:55

Semáforos inteligentes na BR-101, em Abreu e Lima, aumentam velocidade em 48%. Foto: Julio Jacobina/ DP

Cerca de 75 mil motoristas que trafegam diariamente na BR-101, em Abreu e Lima, têm percebido uma melhoria significativa no trânsito. Os veículos demoravam em média 10 minutos para percorrer os dois quilômetros da travessia urbana. Agora o mesmo percurso pode ser feito em menos de cinco minutos. A redução pela metade no tempo de deslocamento decorre da  implantação pelo Depatamento Nacional de Infraestrutura de Transporte (DNIT) de um sistema de gerenciamento inteligente dos semáforos. As cores verde e vermelho mudam de acordo com o volume do tráfego.

“O sistema opera fazendo o monitoramento do fluxo de veículos através de câmeras, sendo que estes dados são continuamente enviados para uma central de controle que faz o cálculo dos tempos de distribuição de verde, defasagens e ciclos, que são sincronizados  em tempo real”, explica Bernardo Limongi, gestor da empresa Sinalvida, responsável pela tecnologia.

Tudo é feito de forma automática e independente da ação de um operador. “A programação dos semáforos se adequa ao exato momento do tráfego para  otimizar a circulação dos veículos e, dessa forma, evita a formação de engarrafamentos”, completa Limongi.

O trecho de menor velocidade ocorria no sentido Sul entre às 11h e 14h, onde a velocidade média era de apenas 19,32 km/h e com os equipamentos passou a ter 23,42 km/h. Um ganho de 21,22% na velocidade. Já o trecho de maior evolução foi no sentido Norte, onde a velocidade era de 24,87km/h e passou para 37,02km/h, um ganho de 48,55%.

Na avaliação do superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), Cacildo Cavalcante, a implantação do sistema na localidade gerou uma melhora substancial na trafegabilidade e mobilidade dos usuários. “Além da diminuição em 50% do tempo de retenção, também reduziram, consideravelmente, as reclamações que recebemos via ouvidoria. Quem passa por Abreu e Lima diariamente com certeza percebeu a mudança. Tudo isso se atribui à melhoria do semáforo com o sistema de avaliação em tempo real”, afirma.

Segundo o superintendente, o DNIT já está estudando a possibilidade de implantar a mesma tecnologia em outras localidades. “Recomendamos fortemente a utilização do sistema em entroncamentos que precisam de maior fluidez e em casos onde é preciso priorizar uma via do trânsito para minimizar transtornos. Semáforos em Igarassu e na BR-101 antiga já estão em estudo de viabilidade para receber a mesma solução”, completa.
 
 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Justiça por Beatriz: pais organizam peregrinação de 720 km para cobrar solução de assassinato
Pessoas que já tiveram covid podem adoecer novamente devido à ômicron
Reino Unido aprova mais um medicamento contra Covid-19
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Grupo Diario de Pernambuco