Saúde Prevenção de fratura em pacientes com osteoporose é tema de encontro no Recife Novas estratégias evitam episódios recorrentes, que podem ser fatais

Publicado em: 28/07/2017 14:49 Atualizado em:

Neste sábado, especialistas discutem no Recife as várias questões relativas à osteoporose, como os tratamentos eficazes para a prevenção de novas fraturas, um dos principais problemas para quem sofre da doença. Considerado assunto de saúde pública, a osteoporose é uma doença osteometabólica que cresce com o envelhecimento da população. No Brasil, são 10 milhões de pessoas afetadas e cerca de 40 mil mortes por ano.

De acordo com a Fundação International de Osteoporose (IOF), organização mundial que se dedica à luta contra as doenças musculoesqueléticas, um terço das mulheres e um quinto dos homens com idade acima de 50 anos apresentarão fratura relacionada à osteoporose. Dados da entidade também revelam que a fratura de fêmur, considerada a mais séria, causa a morte de cerca de um quinto dos pacientes, no primeiro ano após o incidente.

Na maioria dos casos, quando alguém sofre uma fratura por fragilidade , não basta apenas tratar a fratura em si, mas sim avaliar a necessidade de iniciar a tempo um tratamento adequado para evitar novas fraturas. De acordo com médicos, é fundamental discutir o tema sobre as formas de prevenção e também apresentar as novidades para os tratamentos existentes para osteoporose grave. Os especialistas explicam ainda que fraturas recorrentes aumentam o risco de vida do paciente e por isso o diagnóstico e o tratamento precisam ser assertivos, eficazes e iniciados prontamente.

 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.