Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Local
Um ano depois Cais do Imperador será inaugurado em um mês Secretaria de Meio Ambiente do Recife já assinou contrato com a cafeteria que vai gerir o espaço

Por: Anamaria Nascimento

Publicado em: 08/07/2016 07:35 Atualizado em: 08/07/2016 08:26

Prevista para ficar pronta em janeiro deste ano, a  Eco-Turistico do Cais Imperador deve ser entregue até agosto. Foto: Peu Ricardo/Esp.DP
Prevista para ficar pronta em janeiro deste ano, a Eco-Turistico do Cais Imperador deve ser entregue até agosto. Foto: Peu Ricardo/Esp.DP

Um ano depois de começar a ser construída e após mais de seis meses de atraso da entrega, a Estação Ecoturística Cais do Imperador, localizada em frente à Praça Dezessete, na Avenida Martins de Barros, bairro de Santo Antônio, ganhou novo prazo de entrega. Inicialmente prevista para ficar pronta em janeiro deste ano, a estação deve ser entregue até agosto. Na semana passada, a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Recife assinou um contrato com a cafeteria Deltaexpresso, que vai assumir a gestão do espaço.

O cais, construído nas ruínas de um antigo píer criado para receber o imperador Dom Pedro II em 1859, durante visita a Pernambuco, foi transformado em um espaço de convivência banhado pelo Rio Capibaribe com praça, anfiteatro, centro de informação e área para o café. De acordo com o secretário executivo de Unidades Protegidas do Recife, Romero Pereira, 99% das obras da parte que competem à Secretaria de Meio Ambiente estão concluídas. “De nossa parte só falta a instalação de lâmpadas da área externa, que devem chegar em até 15 dias. Além disso, falta o Delta instalar o que compete à iniciativa privada, ou seja, a área do café”, explicou.

No contrato assinado entre a secretaria e a Deltaexpresso, o prazo de instalação do café é de até 60 dias. “Caberá à empresa pagar um aluguel à prefeitura e cuidar de toda a manutenção do espaço, mantendo os bancos, jardins e fazendo a segurança do local”, afirmou Pereira. Atualmente, a segurança do cais é feita de forma provisória pela Brigada Ambiental, da Guarda Municipal do Recife.

O Cais do Imperador será um espaço de convivência com 598 metros quadrados, sendo 135 m2 para o anfiteatro (palco de apresentações rodeado por uma escadaria que servirá como arquibancada), 62 m2 de praça e 98 m2 do café com telhado verde. O teto tem um espaço de 120 m2 e pode ser visto pelas pessoas que passeiam na calçada. O telhado verde será formado por dois tipos de gramas de mata ciliar, uma mais curta e outra mais arbustiva.

O espaço turístico conta ainda com um projeto luminotécnico, com 143 pontos de luz de LED espalhados nos degraus da escada e três totens de iluminação. Além disso, os banheiros públicos, o guarda corpo e as plantas também contam com iluminação, incentivando o uso do espaço à noite.


Suspeito de ataque a tiros com seis mortos é detido nos EUA
Manhã na Clube: entrevistas com o pastor Wellington Carneiro e Alexandre Castelano
Planta gigante, prima da vitória-régia, é descoberta em Londres
Manhã na Clube: entrevistas com a deputada estadual Teresa Leitão (PT) e Juliana César
Grupo Diario de Pernambuco