Pernambuco.com
Pernambuco.com
Notícia de TECNOLOGIA

FOTOS

FaceApp: aplicativo que muda gênero foi suspeito de usar dados ilegalmente

Publicado em: 15/06/2020 21:50

A apresentadora Maísa Silva foi uma das pessoas que compartilharam o resultado do filtro do app (Foto: Faceapp/reprodução)
A apresentadora Maísa Silva foi uma das pessoas que compartilharam o resultado do filtro do app (Foto: Faceapp/reprodução)
As redes sociais ficaram tomadas por fotos de pessoas com o gênero oposto durante o fim de semana. O FaceApp, aplicativo para celular que aplica filtros em fotos, caiu novamente nas graças de famosos e anônimos, e a brincadeira chegou a ser o assunto mais comentado do Twitter.

No entanto, vale lembrar que o dispositivo já foi relacionado a muitas controvérsias no passado, quando se levantaram suspeitas sobre a obtenção indevida de dados pessoais dos usuários. Em 2019, a app chegou a ser alvo de investigações do FBI em um inquérito sobre ciberespionagem.

Na época, a criadora do FaceApp, uma empresa russa, negou o uso indevido de dados dos usuários. E as brechas contestadas pela polícia norte-americana e encontradas na política de privacidade do app continuam do mesmo jeito.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Itália proíbe entrada de viajantes brasileiros
10/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Burro invasor de lives faz santuário de animais arrecadar dinheiro
Seminário discute novo marco legal do saneamento básico
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco