Diario de Pernambuco
Busca

Bolsonaro não vai terminar o mandato, prevê vidente

Publicado em: 26/12/2021 15:38

 (Foto: Evaristo Sá/AFP)
Foto: Evaristo Sá/AFP
Em uma live realizada na noite da última sexta-feira (24), Lene Sensitiva falou sobre previsões para o ano que vem, 2022. Um dos destaques da conversa com os humoristas Antônio Tabet e Evelyn Castro foi o que vem no mundo da política em ano eleitoral. Para a vidente, o atual presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, não será reeleito e não terminará o mandato.

“Bolsonaro não ganha mais nenhuma política”, garantiu Lene. Segundo o que ela sentiu para as eleições presidenciais de 2022, Bolsonaro é um “presidente fim de carreira” e nunca mais terá sucesso no meio político. Tudo isso por conta de um grande escândalo que surgirá no próximo ano antes das campanhas eleitorais.

Esse escândalo, que não foi especificado pela sensitiva, poderá tirar Bolsonaro da presidência da república antes mesmo do fim do mandato. “Ele não vai mais para o meio político. Se é que ele vai finalizar o mandato dele, porque vão ter umas coisas bem pesadas antes dele entregar”, revelou. Mas pode ser que ele não entregue, de acordo com as previsões um impeachment tem chances de acontecer. “Não vejo ele finalizando. Ou ele vai entregar ou vão arrancar ele de lá”, assegurou.

Antônio Tabet, que estava conduzindo a live, ficou intrigado com a revelação e questionou sobre uma possível renúncia. “Pode renunciar?”, perguntou. “Pode ser por aí, eu vejo que ele não termina. Tem umas coisas que vão explodir em 2022 bem pesadas”, respondeu Lene.

Marielle Franco
Ainda sobre os escândalos políticos, Lene Sensitiva garantiu, de forma contundente, que o mistério envolvendo a morte da vereadora Marielle Franco. Para a vidente, o responsável pelo assassinato é alguém que ninguém espera.

“Vocês vão tomar um susto grande”, assegurou Lene. Mais de três anos depois que o carro em que Marielle e o motorista Anderson Gomes foi alvejado por tiros no Rio de Janeiro, pouco se sabe sobre o real motivo da morte. Dois suspeitos foram presos, mas a polícia do Rio ainda não concluiu se o crime foi encomendado.

Entretanto, segundo Leve, esse enigma está perto de chegar ao fim. Ela afirmou que em 2022 os detalhes do crime serão resolvidos e que “vai pegar todo mundo de surpresa”.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
MAIS NOTÍCIAS DO CANAL

STF: maioria é contra ação para anular pagamento a profissionais de saúde

13/08/2022 às 18h42

Lula promete continuidade de auxílio de R$ 600 caso seja reeleito

13/08/2022 às 14h41

Prazo para pedir voto em trânsito termina na próxima quinta-feira

13/08/2022 às 12h58

Líderes neopentecostais pregam para reeleger Bolsonaro

13/08/2022 às 08h35

Deputado Joel da Harpa elabora PL contra a publicidade de alimentos ricos em açúcar nas escolas

12/08/2022 às 22h44

Novo diretor da Anvisa toma posse nesta sexta-feira

12/08/2022 às 22h42

Encontro de candidatas negras do Nordeste debate projeto político contra o racismo

12/08/2022 às 22h10

Silvio Costa critica Marília Arraes por escolha de candidato ao Senado

12/08/2022 às 21h50

TSE divulga cálculo para distribuição de tempo no horário eleitoral

12/08/2022 às 21h41

Roberto Jefferson registra candidatura à Presidência no TSE

12/08/2022 às 21h36

Defesa afirma que supersalários divulgados 'apresentam incorreções'

12/08/2022 às 20h49

Após reajuste no Judiciário, parlamentares também querem aumentar salários

12/08/2022 às 20h44

Barroso envia à PGR acusação contra Bolsonaro por crimes durante a pandemia

12/08/2022 às 19h21

D'Ávila fala em 'erradicar pobreza extrema' em quatro anos

12/08/2022 às 19h16

Bolsonaristas confundem tenente da FAB com Taylor Swift

12/08/2022 às 19h11

Bolsonaro sobre carta pela democracia: 'Preocupados com minha popularidade?'

12/08/2022 às 18h13

PL pedia exclusão do material da internet alegando propaganda eleitoral antecipada e ofensa à honra

TSE nega pedido para excluir vídeo em que Lula chama Bolsonaro de mentiroso

12/08/2022 às 17h23

Ministro indicado pelo presidente Bolsonaro pediu mais tempo para analisar ações que envolvem o chefe do Executivo

Mendonça suspende análise de inquéritos contra Bolsonaro no STF

12/08/2022 às 17h18