Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

SABATINA

'Tudo parado', diz Davi Alcolumbre sobre sabatina de Mendonça

Publicado em: 09/11/2021 17:10

 (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
crédito: Ed Alves/CB/D.A Press
O presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), admite que ainda não tem prazo para pautar a sabatina do ex-advogado-geral da União André Mendonça — indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para assumir o cargo de ministro no Supremo Tribunal Federal (STF).

“Tudo parado”, disse o senador a jornalistas, antes de entrar em uma “sessão relâmpago” na CCJ de 10 minutos, na qual o colegiado votou um relatório sobre emendas do Orçamento.

Mendonça aguarda desde 13 de julho o processo que decidirá se o seu nome será aprovado ou rejeitado pela Corte. A indicação de um presidente ao STF nunca demorou tanto tempo para ser avaliada pelo Senado. André Mendonça foi escolhido por Bolsonaro para ser o seu ministro “terrivelmente evangélico” no STF. Ele precisará da maioria (41) dos votos dos 81 senadores para se tornar apto a ocupar o cargo.

Por conta da situação, o senador vem sendo pressionado pelos seus pares para marcar o processo. Na semana passada, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), pediu um “esforço coletivo” para destravar indicações e outros assuntos pendentes na Casa. No entanto, para Alcolumbre, o movimento não deve surtir efeito na sabatina do indicado do presidente.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Alepe
Unicap continua com as inscrições abertas para Vestibular 2022
Bruno Becker, da chapa Náutico Sustentável, divulga projetos para o Timbu
Manhã na Clube: entrevista com o deputado estadual Romero Sales Filho (PTB)
Grupo Diario de Pernambuco