Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

CÂMARA

Oposição critica pronunciamento de Arthur Lira sobre Bolsonaro

Publicado em: 08/09/2021 15:23

 (Marcelo Camargo/AB)
Marcelo Camargo/AB
O pronunciamento do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), nesta quarta-feira (8), não agradou a uma parcela da Casa. Deputados que fazem oposição ao presidente Jair Bolsonaro criticaram as falas de Lira e disseram que o parlamentar fez vista grossa à postura adotada pelo chefe do Executivo durante o feriado da Independência, quando o mandatário reclamou do Supremo Tribunal Federal (STF) e garantiu que não vai mais respeitar as decisões da Corte.

Segundo alguns deputados, Lira também não deu uma resposta à altura aos protestos bolsonaristas realizados na terça-feira (7). O presidente da Câmara disse que as manifestações transcorreram de modo pacífico, mas não fez menção a algumas das pautas defendidas pelos participantes dos atos, como intervenção militar e fechamento do Congresso Nacional, que são inconstitucionais.

Para os parlamentares, o comportamento de Bolsonaro durante o Sete de Setembro passou do limite, em especial porque ele elevou os ataques e as ameaças contra a democracia, mas lamentaram que Lira parece querer "passar o pano" para o presidente, sobretudo por ter dito que a crise é "superdimensionada pelas redes sociais", e não motivada pelo presidente da República e seus apoiadores.

"O Brasil em grave crise, presidente ameaça golpe e ataca liberdades democráticas, mas o presidente da Câmara, Arthur Lira, faz um pronunciamento tentando colocar panos quentes mais uma vez. Vamos esperar mais quantas tragédias acontecerem para termos o impeachment?", ponderou a deputada Fernanda Melchionna (PSol-RS).

"Lamentável, para não dizer patético, o discurso de Arthur Lira na Câmara. Depois da ofensiva golpista de Bolsonaro, Lira insiste em ser cúmplice do fascismo, sequer cita o nome do presidente e cala sobre o impeachment. Se mostra um lacaio de Bolsonaro", acrescentou a deputada Talíria Petrone (PSol-RJ).

O deputado Paulo Pimenta (PT-RS) destacou que "o momento exige coragem de todos aqueles que defendem o estado democrático de direito". "Mais que falas protocolares ou panos quentes, nós precisamos mostrar atitude para conter os anseios golpistas de quem ocupa o Palácio do Planalto", afirmou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Surto de Covid-19 obriga Presidente da Rússia a ficar em isolamento
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado Eduardo da Fonte (PP), Elias Paim e Diego Martins
Grupo Diario de Pernambuco