Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

VOTO IMPRESSO

Bia Kicis sobre derrota do voto impresso: 'Perdemos a batalha, não a guerra'

Publicado em: 05/08/2021 22:03 | Atualizado em: 05/08/2021 22:21

 (Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados)
Foto: Cleia Viana/Câmara dos Deputados
A deputada federal bolsonarista Bia Kicis (PSL-DF) reagiu com pesadas críticas à rejeição da Proposta de Emenda Constituição (PEC) do voto impresso, feito pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados. A casa negou nesta quinta-feira (5), por 23 votos a 11, o parecer favorável ao tema elaborado pelo deputado Filipe Barros (PSL-PR).

Bia Kicis disse que ainda confia no presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) em levar o projeto para votação entre os deputados: 

“Dia lamentável para a democracia brasileira. Perdemos a batalha, mas não a guerra. O presidente Arthur Lira pode levar a PEC ao Plenário”, publicou.

Bia é autora da proposta de implantação do voto auditável nas eleições. O projeto prevê a impressão de votos nas eleições de 2022, além de referendos e plebiscitos. 

A impressão do voto é uma das bandeiras do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), que costuma lançar suspeitas de fraude em relação ao voto eletrônico — sem nunca ter apresentado provas de qualquer irregularidade.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Chama dos Jogos de Inverno é acesa
Manhã na Clube: Gilson Machado, Ministro do Turismo, dr. Érico Higino e o advogado Ivo Machado
Entre túmulos e livros: coveiro se prepara para lançar livro
Cenário de destruição apos tiroteios em Beirute
Grupo Diario de Pernambuco