Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

REFORMA TRIBUTÁRIA

Pacheco afirma que há consenso para fatiamento da reforma tributária

Publicado em: 24/05/2021 22:38

 (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
)
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), afirmou, na noite desta segunda-feira (24), que já há consenso entre o governo e os representantes do Congresso Nacional em torno da reforma tributária.

Pacheco anunciou o acordo após participar de reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL) e com o ministro da Economia, Paulo Guedes. Pela manhã, os presidentes se encontraram com o senador Roberto Rocha (PSDB-MA), que presidiu a Comissão Mista da Reforma Tributária.

“No encontro de hoje com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL) e o ministro da Economia, Paulo Guedes, tivemos um consenso de que a reforma tributária é fundamental, urgente e precisamos simplificar o sistema de arrecadação, mas sem gerar aumento de carga tributária aos contribuintes brasileiros”, disse ele.

Na última semana, Pacheco chegou a falar contra um fatiamento da proposta, justificando que isso poderia acarretar em uma “colcha de retalhos”, gerando aumento da carga tributária. Agora, no entanto, o presidente do Senado revela que está alinhado com o que desejava Lira e o governo, ao iniciar a discussão por pontos onde há consenso.

Papéis divididos
“Parte disso será da incumbência do Senado Federal. Inclusive a discussão constitucional, a reforma constitucional, em matéria tributária, caberá ao Senado tramitar. Assim como também o programa de Regularização Tributária, o Refis, para poder socorrer pessoas físicas e jurídicas nessa regularização tributária”, afirmou.

Ele também detalhou que a Câmara dos Deputados ficará responsável por uma série de projetos “de iniciativa” do poder Executivo que discutam a base de imposto de renda, IPI, PIS e COFINS.

“Há uma comunhão de esforços entre as duas casas devidamente alinhadas com o Poder Executivo para que possa haver a mais ampla possível reforma tributária no Brasil”, completou Pacheco.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Para evitar contaminação por Covid, robôs oferecem água benta em Meca
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco