Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

CPI

Mayra sobre uso da cloroquina na família: 'Meu pai está na UTI, mas vivo'

Publicado em: 25/05/2021 15:29 | Atualizado em: 25/05/2021 15:35

Secretária do Ministério da Saúde diz que tanto o pai quanto a mãe evoluíram bem depois de usar os remédios sem comprovação científica contra a Covid-19
 (foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
)
Secretária do Ministério da Saúde diz que tanto o pai quanto a mãe evoluíram bem depois de usar os remédios sem comprovação científica contra a Covid-19 (foto: Jefferson Rudy/Agência Senado )
A secretária de Gestão e Trabalho do Ministério da Saúde, Mayra Pinheiro, admitiu que seus pais fizeram uso de medicamentos sem eficácia comprovada. Em depoimento na CPI da Covid, no Senado, ela afirmou que ambos tiveram boa recuperação depois de aderir ao tratamento.
 
Ela foi questionada pelo senador Jorginho Mello (PL-SC) se daria os medicamentos aos seus pais. "Meu pai ficou em estado grave por causa da Covid e permanece internado na UTI. Meu pai teve câncer de próstata e minha mãe tem comorbidades. Mas, graças a Deus, todos evoluíram bem", afirmou a médica pediatra.
 
Mayra também criticou aqueles que são contrários à autonomia de médicos para indicar cloroquina, ivermectina e azitromicina a quem precisar: "Essa questão de prescrever ou não tem ser entendida nesse espaços de autonomia do médico. Não são membros do Legislativo, Judiciário ou imprensa que vão definir o que os médicos devem fornecer para salvar os pacientes. Precisa ficar claro para todos nós". 
 
Sem apresentar comprovações, a secretária também disse que há pesquisas afirmando que o tratamento precoce tem reação satisfatória na fase inicial da Covid-19: "Nas fases tardias da doença já existem evidências desaconselhando o uso dessas medicações. Existem trabalhos mostrando o mínimo benefício, mas, no geral, essas drogas tem efeito benéfico na fase viral, onde tudo o que não queremos é a evolução para as fases mais graves, com comprometimento pulmonar e multissistemético".
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Protesto em Brasília acaba com conflito entre indígenas e policiais
Manhã na Clube: entrevistas com Carlos Veras, Sérvio Fidney e Marcel Costi
Vacina contra a Covid-19 criada em Cuba tem eficácia de 92%
Pontos fundamentais para fazer uma transição de carreira
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco