Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Doria a Eduardo Bolsonaro: 'Bananinha, estou fazendo o que papai não fez'

Publicado em: 26/05/2021 15:47


 (foto: Agência Brasil/Reprodução
)
(foto: Agência Brasil/Reprodução )
O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), usou as redes sociais para provocar o filho '03' do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e deputado federal, Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Doria disse que se caso for até a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da COVID, no Senado, vai depor com a ''verdade'' e ''piorar a situação'' dos bolsonaristas.
No post, Doria chama Eduardo de “bananinha” e diz que não vai fugir da CPI. 

O governador cita um post do deputado em que ele questiona o tucano se ele iria até a CPI e responderia sobre a demora na compra de medicamentos para o kit intubação.

"Bananinha, enquanto você produz fakenews e cloroquina, com esse ovo vamos produzir 2 doses da Butanvac", escreve o governador. "Estou fazendo o trabalho que o papai não fez", explica.

O governador também mandou "abraços" ao deputado ao lado de um emoji de uma “calça apertada”, apelido dado a ele por bolsonaristas e governistas.

"Piorar a situação"

Mais cedo, o governador garantiu que vai até a CPI, caso seja convocado. Segundo ele, seu depoimento será baseado "na verdade" e que isso pode "piorar muito a situação" dos apoiadores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Na manhã desta quarta-feira (26), governadores de 10 estados foram convocados para depor na CPI da Covid. Os senadores aprovaram os requerimentos que exigem a presença dos chefes dos executivos estaduais que foram alvos de operações da Polícia Federal durante a pandemia do coronavírus. Ainda não há data para os depoimentos.

Com isso, Wilson Lima (PSC-AM), Helder Barbalho (MDB-PA), Ibaneis Rocha (MDB-DF), Wilson Witzel (PSC-RJ), Mauro Carlesse (PSL-TO), Carlos Moisés (PSL-SC), Antonio Denarium (PSL-RR), Waldez Góes (PDT-AP), Marcos Rocha (PSL-RO) e Wellington Dias (PT-PI) irão depor na CPI da pandemia.

Entre esses governadores, somente Witzel não está mais no cargo por conta da acusação de crime de responsabilidade na gestão de contratos na área da Saúde. 
TAGS: bolsonaro | eduardo | doria |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Protesto em Brasília acaba com conflito entre indígenas e policiais
Manhã na Clube: entrevistas com Carlos Veras, Sérvio Fidney e Marcel Costi
Vacina contra a Covid-19 criada em Cuba tem eficácia de 92%
Pontos fundamentais para fazer uma transição de carreira
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco