Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

CPI

Dimas Covas: 'A ButanVac tem muito potencial. É uma vacina para o mundo'

Publicado em: 27/05/2021 16:33

 (foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
)
foto: Jefferson Rudy/Agência Senado
O diretor do Instituto Butantan, Dimas Covas, em depoimento na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid-19, realizado nesta quinta-feira (27), afirmou que a ButanVac, vacina em fase de estudos no Butantan, deve ser utilizada ainda em 2021.
 
"Precisamos de agilidade na análise dos dados pela Anvisa, dando a possibilidade de os brasileiros utilizarem essa vacina. Estou otimista em usar a ButanVac ainda este ano”, afirmou.

Para Dimas, existe uma “grande esperança nessa vacina”. “A ButanVac tem muito potencial. É uma vacina para o mundo”, explicou. 
 
Segundo o diretor do Butantan, "vacinas mudaram a história da humanidade" e por isso os estudos realizados na instituição são tão importantes.

"Vacinas mudaram a história da humanidade. Mudaram a expectativa de vida do ser humano. É uma conquista que permitiu que a gente chegasse a esse estágio da civilização. A vacina não é uma questão de uso individual. É uma questão coletiva para que o vírus não atinja”, explicou.

Mais cedo, Covas afirmou que que o instituto ofereceu ao governo federal 60 milhões de doses de vacina contra Covid-19 a serem entregues a partir de dezembro do ano passado. De acordo com ele, o Butantan fez três ofertas no ano passado, sendo a primeira delas no dia 30 de julho, mas o contrato só foi assinado em janeiro deste ano, em meio a pressões políticas.

Segundo Covas, havia em solo brasileiro, em dezembro, 5,5 milhões de doses prontas e 4 milhões em produção. “As idas e vindas vieram dificultando o cronograma. Poderia chegar a 100 milhões em maio. Como não teve definições, o cronograma foi para setembro, porque nesse momento a demanda mundial de vacina era grande e continua até hoje. A dificuldade para trazer vacina é imensa. Agora não é recurso, é disponibilidade de vacina”, afirmou.
TAGS: potencial | butanvac | covas |
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Diabetes: saiba como evitar e controlar antes que seja tarde
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco