Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

PANDEMIA

Barroso é o relator da ação de Bolsonaro contra medidas restritivas em três estados

Publicado em: 28/05/2021 17:57 | Atualizado em: 28/05/2021 18:40

Por meio da AGU, presidente pediu no STF que o lockdown seja proibido no Rio Grande do Norte, no Pernambuco e no Paraná
 (Foto: Carlos Moura/STF)
Por meio da AGU, presidente pediu no STF que o lockdown seja proibido no Rio Grande do Norte, no Pernambuco e no Paraná (Foto: Carlos Moura/STF)
O ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF), será o relator da ação apresentada à Corte pelo governo federal que pede a suspensão das medidas de lockdown e toque de recolher adotadas no Rio Grande do Norte, em Pernambuco e no Paraná em razão da pandemia da Covid-19.

O pedido foi entregue ao Supremo na quinta-feira (28), assinado pelo advogado-geral da União, André Mendonça. Segundo o texto do Executivo, "não há espaço válido no ordenamento jurídico pátrio que autorize prefeitos e governadores decretarem unilateralmente medidas de lockdowns e toques de recolher de forma ampla, genérica, arbitrária e indiscriminada como vem sendo feito".

O governo afirma que "tal circunstância denota manifesta desproporcionalidade, sobretudo quando a ciência já demonstra os nefastos impactos que medidas dessa natureza traduzem para a autonomia dos cidadãos, atingindo inclusive a saúde física e emocional".

Na peça, o Executivo ainda reclama que alguns governos estaduais e municipais estejam implementando "sem qualquer supervisão legislativa — portanto, violando se o princípio democrático —, medidas que interferem drasticamente no Estado de Direito", que "vêm restringindo, de modo desarrazoado e desproporcional, direitos e liberdades fundamentais da população".

"O Brasil tem assistido a uma série de atos unilaterais de governadores e prefeitos que, sem anuência dos Parlamentos locais, vêm impondo restrições severas a direitos fundamentais relacionados com a subsistência da população, como a liberdade de trabalho, a liberdade de iniciativa econômica e a liberdade de locomoção."
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Diabetes: saiba como evitar e controlar antes que seja tarde
Manhã na Clube: entrevistas com Túlio Gadêlha, Beatriz Paulinelli e Guilherme Maia
Advogado de enfermeira afirma que Maradona foi morto
Manhã na Clube: entrevistas com Décio Padilha, Adriana Barros e Roseana Diniz
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco