Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

ELEIÇÕES 2022

Raquel Lyra (PSDB) pode não se lançar em 2022; pai da tucana seria o responsável

Publicado em: 22/04/2021 12:43 | Atualizado em: 22/04/2021 19:04

 (Divulgação)
Divulgação
A oposição em Pernambuco iniciou as suas costuras visando o Palácio do Campo das Princesas em 2022. No Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) está sendo um pouco diferente. É o que apontam aliados e tucanos ao Diario. De acordo com fontes tucanas, a candidatura da atual prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), está andando a passos lentos e pode não acontecer. Tudo isso, conforme apontam fontes próximas da prefeita, devido a interferência de seu pai, o ex-deputado estadual João Lyra Neto. 

“Ele (João Lyra) não quer que ela concorra. Acredita que ela tem forças para ganhar, mas prefere que ela complete o seu mandato em Caruaru”, assinalou uma fonte à reportagem. Uma outra corrente, ao Diario, sinalizou que ela estaria aguardando a “exposição dos Coelhos e dos Ferreiras” que, ao declararem ou receberem apoio do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), perderiam chances de angariar votos dos pernambucanos. “Com isso, ela (Raquel) surgiria como uma alternativa ao Bolsonarismo”, arrematou. 

Questionado sobre possíveis movimentações visando 2022, outra fonte tucana indagou que  Raquel (PSDB) estaria “estudando tudo milimetricamente” e que se for se lançar, será para “se lançar de verdade e com força suficiente”. A fonte acrescentou ainda que “ela não está parada. Só está fazendo tudo com calma”. Aliados, entre eles vereadores e deputados, acreditam que Lyra (PSDB) esteja “perdendo tempo” sem cumprir ou iniciar agenda com foco nas eleições de 2022. 

Procurado pela reportagem, o ex-senador, ex-ministro e correligionário da prefeita, Armando Monteiro (PSDB) negou que Raquel (PSDB) já seja um nome escolhido, mas pondera que, caso venha a ser necessária uma candidatura pela sigla, o nome da tucana surgirá naturalmente. Ele relembra que ela foi recém reeleita prefeita de Caruaru e destaca que a 'obrigação' dela é com o povo caruaruense. 

"O nome dela é efetivamente um nome que tem credenciais para poder vir candidata ao Governo em 2022. Tem perfil, credenciais, faz uma ótima gestão. Não digo que ela está ou será candidata", detalhou.  "Ainda tem muita água pra rolar", arrematou o ex-ministro. 

Procurada pela reportagem, a prefeita não se posicionou. A assessoria também foi procurada, mas não retornou o contato até a publicação desta matéria. 


Apoio


O presidente nacional do Cidadania, Roberto Freire, declarou, mais cedo, apoio à possível candidatura de Raquel Lyra ao governo de Pernambuco em 2022. Durante entrevista à Rádio Clube FM, o ex-ministro da cultura e ex-senador Roberto Freire não titubeou ao responder o nome da prefeita como sua candidata preferida. “Venho acompanhando a sua excelente gestão em Caruaru”, justificou.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Cuba inicia vacinação contra a Covid-19 com imunizante próprio
Datafolha: Lula venceria Bolsonaro nas eleições de 2022
Manhã na Clube - Entrevista com Humberto Costa e Thiago do Vale da Apac
Air France e Airbus serão julgadas pelo voo 447 Rio-Paris
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco