Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

POLÍTICA

Governadores do Nordeste se reúnem com Anvisa para tratar da vacina Sputnik V

Publicado em: 07/04/2021 11:59 | Atualizado em: 07/04/2021 12:17

 (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Treze governadores participaram de uma reunião do Consórcio Nordeste sobre a autorização de importação e uso emergencial da vacina russa Sputnik V, na última terça-feira. Entre eles, o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, que logo após a reunião, lamentou em suas redes sociais, não ter recebido uma resposta objetiva durante a reunião. “Infelizmente, eu e os outros 12 governadores participantes não tivemos uma resposta objetiva sobre nossa demanda, mesmo com a legislação brasileira determinando que um imunizante já aprovado por uma agência internacional deve ser avaliado em sete dias pela Anvisa”, disse.

No encontro, também estavam presentes o presidente e diretores da Anvisa. Segundo Paulo Câmara, a reunião foi longa. “Temos um contrato assinado com o governo russo para adquirir 4 milhões de doses da Sputnik e cada minuto conta nessa luta. É imprescindível que o Governo Federal compreenda essa urgência e trabalhe em favor da vida dos brasileiros”, escreveu o governador no Twitter.

Os estados do Nordeste negociam quase 40 milhões de doses com o governo russo. Mas a conclusão do contrato está condicionada à autorização por parte da autoridade sanitária local, a Anvisa. O presidente do Consórcio Nordeste, o governador do Piauí, Wellington Dias (PT), também participou da reunião e afirmou que espera, já no início da próxima semana, “que tenhamos a autorização da Sputnik para licença de importação para o uso do Brasil e uso de todos os brasileiros”.

A Anvisa informou que fará uma visita à Rússia para avaliar as condições de fabricação da vacina, desenvolvida pelo Instituto Gamaleya, da Rússia, que possui parceria com a empresa brasileira União Química. Porém, os governadores afirmam que esta visita não seja uma condição para permissão excepcional. A reunião foi realizada por videoconferência e contou com a participação dos governadores, além de Pernambuco, do Acre, Alagoas, Amapá, Bahia, Ceará, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia e Sergipe.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco