Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

TRABALHOS

CPI da Covid deverá ouvir prefeitos e governadores

Publicado em: 16/04/2021 18:18

Senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
Senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) (Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado)
O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE), suplente da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Covid, afirmou que os prefeitos e governadores também devem ser ouvidos durante os trabalhos da comissão. A declaração foi feita em entrevista ao portal Poder360. A CPI vai investigar as ações do governo federal e o uso de verbas federais transferidas a estados e municípios para combater a Covid-19

Vieira foi um dos parlamentares que atuou na articulação pela instalação da CPI. Ele também defendeu a inclusão do repasse aos chefes de Executivos de estados e municípios. “É bastante provável, porque as alegações do governo federal vão naturalmente atribuir responsabilidade a esses entes”, afirmou o senador, que apesar de participar das sessões e poder apresentar requerimentos, não terá direito a voto.

A inclusão de estados e municípios foi alvo de muitos debates, já que o artigo 146 do Regimento Interno do Senado não admite CPIs sobre matérias pertinentes aos estados, apesar da possibilidade da investigação do repasse das verbas federais. Nos bastidores, a ideia é entendida como uma manobra do governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) para desviar o foco das investigações.

Segundo o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), a CPI deverá ser instalada após o feriado de 21 de abril, possivelmente no dia 22 ou 27. Na reunião, devem ser eleitos oficialmente o presidente e o vice-presidente da comissão. Também será definido o relator da CPI.

Entretanto, um acordo entre parlamentares que vão compor a CPI já acordou os nomes para os cargos. O colegiado será presidido por Omar Aziz (PSD-AM) e terá na vice-presidência o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), autor do requerimento de instalação da CPI. Ao senador Renan Calheiros (MDB-AL), que era o mais cotado para ficar com o comando na comissão, caberá a relatoria do colegiado. A informação foi confirmada por Randolfe Rodrigues nesta sexta-feira (16).
(Com informações da Agência Senado e Agência Brasil)
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
De 1 a 5: dicas para destravar sua criatividade e ampliar a percepção
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 10/05
Gil do Vigor é recebido com festa da população e honraria em Paulista
Imunização para gestantes começa a ser liberada, mas ainda gera dúvidas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco