Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

INQUÉRITO

Promotora que investiga Flávio Bolsonaro é madrinha da advogada do senador

Publicado em: 02/03/2021 15:46

 (Carmen Eliza foi transferida pelo Ministério Público para cuidar da investigação sobre falsidade ideológica eleitoral do senador. Foto: Agência Senado/Reprodução)
Carmen Eliza foi transferida pelo Ministério Público para cuidar da investigação sobre falsidade ideológica eleitoral do senador. Foto: Agência Senado/Reprodução

O senador Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) está sendo investigado pelo crime de falsidade ideológica eleitoral e lavagem de dinheiro. E a promotora encarregada do caso, Carmen Eliza, é madrinha de casamento de Luciana Pires, advogada do filho mais velho do presidente Jair Bolsonaro. Ela é a mesma que foi afastada das investigações da morte da vereadora Marielle Franco, em 2019.

A informação foi revelada pela coluna do jornalista Guilherme Amado, da revista Época. Foram divulgadas também fotos que mostram Carmen no chá de lingerie de Luciana e na foto oficial do casamento, em 2018.

 (Chá de lingerie da advogada de Flávio Bolsonaro, em 2018, com a atual promotora que cuida da investigação. Foto: Reprodução)
Chá de lingerie da advogada de Flávio Bolsonaro, em 2018, com a atual promotora que cuida da investigação. Foto: Reprodução


Carmen foi transferida pelo Ministério Público do Rio nessa segunda-feira (01) para cuidar da investigação. O inquérito apura se Flávio Bolsonaro cometeu os crimes de falsidade ideológica eleitoral quando declarou seus bens na campanha para deputado estadual em 2014.

A promotora também esteve à frente das investigações do assassinato da vereadora do Rio de Janeiro, Marielle Franco. Mas, no fim de 2019, ela foi afastada da função após internautas localizarem publicações em suas redes sociais que a mostravam  apoiando a campanha do então candidato à presidência, Jair Bolsonaro.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco