Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

PANDEMIA

Covid-19: senadores aprovam moção de apelo internacional por mais vacinas para o Brasil

Publicado em: 23/03/2021 21:21 | Atualizado em: 23/03/2021 22:52

 (Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado)
Foto: Marcos Oliveira/Agência Senado
O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira (23), em votação simbólica, uma moção de apelo à comunidade internacional para que mais vacinas contra a Covid-19 sejam disponibilizadas ao Brasil diante do pior cenário da pandemia no país desde o início da crise sanitária, só nas últimas 24 horas, foram confirmadas 3.251 novas mortes, um recorde para o intervalo.

Agora, o texto dos senadores será enviado aos governos dos países do G20, à Organização Mundial da Saúde (OMS), à Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), aos parlamentos europeu e do Reino Unido, ao Congresso dos Estados Unidos e à Assembleia Popular Nacional da China. Também receberão a moção postos diplomáticos brasileiros no exterior, representações diplomáticas estrangeiras no Brasil e empresas produtoras de vacinas de combate à Covid-19 em fase clínica.

Presidente da Comissão de Relações Exteriores (CRE) do Senado, Kátia Abreu (PP-TO) redigiu o documento. Segundo ela, o Brasil necessita "urgentemente" vacinar, pelo menos, um terço da população nacional para que seja possível controlar a pandemia. Dessa forma, de acordo com a parlamentar, o país precisa de, no mínimo, 100 milhões de doses de vacinas para atender esse público.

No documento, ela pede o auxílio internacional para a construção de um acordo de cooperação que disponibilize, em um curto intervalo de tempo, um número maior de imunizantes para o país. Além disso, Abreu solicita à OMS que a participação do Brasil no Covax Facility, aliança internacional para desenvolvimento de vacinas contra a Covid-19, seja ampliada.

"Em todos os momentos dramáticos da história do mundo o Brasil deu sua contribuição. Agora, precisamos contar com a comunidade internacional, em especial dos países produtores de vacinas, bem como dos detentores de estoques estratégicos da mesma", escreveu a senadora.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Posse e compra de armas de fogo geram polêmica entre autoridades e população
Liberdade de imprensa piora no Brasil de Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 20/04
Metade da população adulta nos EUA já tomou ao menos uma dose de vacina contra Covid
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco