Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

RENUNCIA CONJUNTA

Comandantes das três forças armadas consideram renúncia conjunta

Publicado em: 29/03/2021 19:38 | Atualizado em: 29/03/2021 19:48

 (Divulgação)
Divulgação

Neste momento se reúnem em Brasília os comandantes das três forças armadas- Exército, Marinha e Aeronáutica- para discutir uma possível renúncia conjunta como resposta à demissão do ministro da defesa, Fernando Azevedo, hoje mais cedo. Os comandantes podem renunciar ainda hoje.

Edson Pujol, comandante do exército, já tinha ido na contramão de Bolsonaro ano passado, quando não concordou em levar a política para dentro dos quartéis. Na reunião também estão o comandante da Marinha, Ilques Barbosa Junior, e o da Aeronáutica, Antônio Carlos Muaretti Bermudez. Ministros militares do presidente também estão presentes no encontro, buscando alternativas diferentes.

O agora ex-ministro da Defesa afirmou que já sentia que seria demitido, pois o presidente parecia cada vez mais focado em ter intervenção nas Forças. A renúncia conjunta desses chefes seria algo nunca testemunhado antes no Brasil.

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco