Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

PLANALTO

Bolsonaro após reunião com Arthur Lira: "Zero problemas entre nós"

Publicado em: 25/03/2021 14:24

Utilizando máscara, após a reunião, Bolsonaro fez questão de acompanhar Lira até o carro do presidente da Câmara na saída do Palácio do Planalto numa tentativa de mostrar que a relação segue bem. Os dois se abraçaram. Mandatário emendou ainda que há "zero problemas" entre eles
 (Foto: Reprodução/Internet)
Utilizando máscara, após a reunião, Bolsonaro fez questão de acompanhar Lira até o carro do presidente da Câmara na saída do Palácio do Planalto numa tentativa de mostrar que a relação segue bem. Os dois se abraçaram. Mandatário emendou ainda que há "zero problemas" entre eles (Foto: Reprodução/Internet)
O presidente Jair Bolsonaro se reuniu na tarde desta quinta-feira (25/3) com o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL). O encontro ocorreu um dia após Lira ter subido o tom contra o governo em discurso duro durante a sessão plenária de quarta-feira. Na data, ele pediu união no combate ao novo coronavírus. Disse, ainda, que, nas próximas duas semanas, as sessões de votação se restringirão apenas a projetos relacionados ao combate à pandemia. Lira disse ao Executivo que acendeu "a luz amarela", que remédios políticos do parlamento "são todos amargos, e alguns, fatais" e que não há mais espaço para errar.

Após a reunião, Bolsonaro fez questão de acompanhar Lira até o carro do presidente da Câmara na saída do Palácio do Planalto numa tentativa de mostrar que a relação segue bem. Os dois se abraçaram. O mandatário emendou ainda que há "zero problemas" entre eles.

Utilizando máscaras e acompanhado do presidente do PP, Ciro Nogueira, e de ministros, o presidente voltou a dizer que não há nada errado entre Lira e ele.

"Nunca teve nada errado entre nós. Nunca teve nada errado entre nós. Sou um velho amigo de parlamento, torci por ele e o governo continua tudo normal". Posteriormente, ao ser perguntado como recebeu o discurso realizado ontem pelo comandante da Câmara, emendou: "Eu conversei com o Lira, não tem problema nenhum entre nós. Zero problema. Conversamos sobre muitas coisas".


Ernesto Araújo

O chefe do Executivo também foi questionado sobre a possível saída do ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo. Porém, preferiu não responder à pergunta e emendou: "Todos os esforços são pela vacina, todos os esforços", disse. "O que nós queremos, juntos, é buscar maneira de contratarmos mais vacinas. É na ponta da linha, fazer que cheguem as informações de que as vacinas estão sendo realmente aplicadas. É isso que nós queremos", completou.

Bolsonaro, que antes criticava os imunizantes, relatou que "não está medindo esforços para a contratação de vacinas". "Olha, notícia de vocês mesmo hoje. Itália, União Europeia, vários países estão com problemas. Vários. Alemanha".

Ele também falou rapidamente sobre a relação com o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi. "A minha relação com Modi é excepcional", destacou.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Metade da população adulta nos EUA já tomou ao menos uma dose de vacina contra Covid
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 19/04
A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Resumo da semana: STF mantém anulações de sentenças contra Lula, mais jovens em UTIs e CPI da Covid
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco