Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Auxílio emergencial

Codeputadas Juntas pedem por ampliação do auxílio emergencial para trabalhadores no carnaval

Publicado em: 12/02/2021 11:43 | Atualizado em: 12/02/2021 11:56

 (Divulgação)
Divulgação

As codeputadas Juntas (PSOL) enviaram ontem ao governo do estado um apelo por ampliação do auxílio emergencial neste carnaval, visando garantir uma ajuda aos trabalhadores e trabalhadoras que contam com a renda do comércio do carnaval.


“O Apelo tem o foco de salvaguardar vidas e evitar mais contágios pelo novo coronavírus e suas variantes, assegurando as condições objetivas básicas e essenciais para a sobrevivência digna”, destaca um trecho da nota publicada pelo grupo.


O pedido foi protocolado na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe), o apelo sugere que os trabalhadores também sejam contemplados com o auxílio emergencial destinado aos artistas e agremiações carnavalescas. As parlamentares destacam que concordam com o cancelamento das festas, mas ressaltam que o apoio precisa ser maior. “Muitas trabalhadoras e trabalhadores não foram contemplados, como aderecistas, bonequeiros, catadores e catadoras de latinha, costureiras, comerciantes, cozinheiras, ambulantes. Elas também se colocaram à disposição para o diálogo e à construção de soluções e caminhos possíveis para lidar com a crise ocasionada pela Covid-19”, ressalta outro pedaço da nota.


“Nos bastidores dos festejos momescos, existe inúmeros trabalhadores e trabalhadoras que não apenas garantem a existência dos folguedos e tradições populares como, ainda, movimentam a economia do estado. Esses setores invisibilizados são compostos, em sua maioria, por pessoas economicamente vulneráveis, que dependem diretamente da renda do carnaval para a sua existência”, destaca o documento publicado pelo grupo.

 

Segundo as codeputadas, o auxílio anunciado pelo governo tem o valor de R$ 3 milhões e será destinado a 450 artistas e entidades vinculadas ao carnaval do estado, em pagamentos que vão de R$ 3 mil até R$ 15 mil. De acordo com os dados oficiais, a previsão de orçamento da festa está além deste número. A secretaria de cultura cedeu R$ 4 milhões e a Empresa de Turismo de Pernambuco (EMPETUR) cedeu mais R$ 4,8 milhões para o feriado, totalizando R,8 milhões de investimento para o carnaval 2021.

 

“O orçamento existe e já foi destacado. Por isso, as Juntas entendem que este valor deve ser usado para sua finalidade, garantindo condições de sobrevivência de inúmeras pessoas; a integridade de sua saúde, evitando a ampliação do contágio; e para o cumprimento de normas e preceitos fundamentais da Constituição”, conclui a nota.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Bolsonaro diz não ter briga com a Petrobras
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 24/02
Atividades econômicas proibidas em 63 municípios do Agreste e Sertão
Brasil aprova uso definitivo da vacina da Pfizer, mas imunizante ainda não está disponível
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco