Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

BANCO CENTRAL

Câmara aprova texto base do projeto de autonomia do Banco Central

Publicado em: 10/02/2021 18:45

 (Foto: Leonardo Sá/Agencia Senado)
Foto: Leonardo Sá/Agencia Senado
Por 339 votos a favor e 114 contra, o plenário da Câmara dos Deputados aprovou, nesta quarta-feira (10), o texto base do Projeto de Lei Complementar (PLP) 19/2019, que garante autonomia ao Banco Central. O resultado da votação encerra 30 anos de discussões sobre o tema no país. Depois de os deputados concluírem os destaques apresentados durante a sessão, o projeto seguirá para a sanção do presidente Jair Bolsonaro, pois já foi aprovado pelo Senado, em novembro de 2020.

A proposta, relatada pelo deputado Silvio Costa Filho (Republicanos-PE), confere autonomia técnica, operacional, administrativa e financeira ao BC, para evitar que sua atuação sofra pressões políticas. O autor do projeto é o senador Plínio Valério (PSDB/AM).

O BC tem como principal atribuição o combate à inflação, o que inclui a definição, por meio do Comitê de Política Monetária (Copom), da taxa básica de juros da economia, a Selic. O substitutivo do relator determina que o Copom passe a estabelecer também as metas para a política monetária, a serem cumpridas pelo BC.

O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), decidiu colocar o projeto em votação após reunião, na segunda-feira (8), com o ministro da Economia, Paulo Guedes, e o presidente do BC, Roberto Campos Neto. Durante o encontro, houve um consenso de que a aprovação da proposta seria um sinal de previsibilidade para o futuro da economia brasileira e fator de credibilidade para o país junto ao mercado mundial.

O projeto prevê que o presidente e os diretores do Banco Central terão um mandato de quatro anos, podendo ser reconduzidos apenas uma vez, por igual período. Esses mandatos, segundo o texto, não podem coincidir com o do presidente da República. Dessa forma, o chefe do governo não poderá demitir o presidente do BC que tenha sido indicado pelo seu antecessor no cargo — a demissão só será possível nos casos de condenação por improbidade e de desempenho insuficiente.

O PLP não muda a composição da diretoria colegiada da autoridade monetária, que tem nove diretores, incluindo o presidente. Conforme o texto, eles continuarão sendo indicados pelo presidente da República, passando por sabatina e votação no Senado, antes de ter a nomeação confirmada ou não. A proposta define que os dirigentes deverão cumprir uma quarentena de seis meses após deixarem a instituição, ou seja, não poderão trabalhar em outras corporações durante esse período.

O projeto também estabelece regras para nomeação e demissão, além de transformar o BC em autarquia de natureza especial, não subordinada a nenhum ministério — hoje, a instituição é vinculada ao Ministério da Economia.

O relator, Sílvio Costa Filho, destacou que o objetivo do projeto é melhorar a governança do Banco Central e, paralelamente, melhorar a governança monetária, "fazer com que o Banco Central possa ter sensibilidade com a geração de emprego e renda no Brasil, fazer a adequação aos padrões nacionais e internacionais".

Oposição

Durante a sessão, a oposição apresentou, sem sucesso, vários requerimentos de obstrução para impedir a votação, com o argumento de que há pautas mais prioritárias para o país, como a retomada do pagamento do auxílio emergencial e a garantia do acesso de toda a população à vacinação contra a Covid-19. Os oposicionistas também criticaram o fato de uma matéria tão complexa quanto a autonomia do BC ter sido enviada diretamente para o plenário, sem passar pelos debates nas comissões.

A iniciativa do Congresso brasileiro de conceder autonomia ao BC não é inédita. A independência já é uma realidade para os bancos centrais de países como Estados Unidos, Reino Unido, Japão, Chile, Nova Zelândia e México.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
PIB brasileiro tem queda expressiva de 4,1%
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 03/03
Secretários estaduais de Saúde pedem mais rigor nas medidas de restrição contra Covid-19
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 02/03
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco