Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

SÃO PAULO

Bruno Covas lidera em São Paulo, com Guilherme Boulos em segundo

Publicado em: 15/11/2020 22:57

 (Foto: Reprodução Twitter/Facebook)
Foto: Reprodução Twitter/Facebook
Os dados preliminares da apuração das eleições na cidade de São Paulo mostram o atual prefeito, Bruno Covas (PSDB), na liderança com 32,79% dos votos. Guilherme Boulos (PSOL), com 20,3%, aparece em segundo lugar, e Marcio França (PSB), em terceiro, com 13,65%. 

Na sequência, o candidato Celso Russomanno (Republicanos), com 10,53%, seguido por Arthur Do Val (Patriotas), com 9,73%, e por Jilmar Tatto (PT), com 8,66%. 

Foram apurados 37,77% dos votos na maior cidade do país até as 21h46. Na primeira prévia do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), das 17h32, Covas tinha 32,58%, Boulos, 20,33% e França, 13,95%. Apenas 0,39% tinham sido foram computados em 88 seções de 22.399 devido a "problemas técnicos". 

A derrota de Russomanno em São Paulo comprova que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) não foi eficiente como cabo eleitoral, pois o deputado tentou, durante a campanha, associar sua imagem à do chefe do Executivo, mostrando uma guinada do eleitorado paulistano, tradicionalmente conservador, ao escolher um candidato de esquerda para o segundo turno para disputar com o atual prefeito.

Os candidatos a vereadores Eduardo Suplicy (PT) e Milton Leite (DEM) estão liderando na contagem de votos, com 62.705 e 51.059, respectivamente, com dados do TSE apontando 55,96% das seções apuradas. Os dados indicavam 3.552.913 votos apurados, dos quais 9,06% em branco e 10,41% nulos.

Na sequência, Delegado Palumbo (MDB), com 44.938 votos, Felipe Becari (PSD), com 37.378 e Fernando Holiday (Patriota), com 25.721. A maior casa legislativa municipal do país é composta por 55 vereadores, número estabelecido pela Constituição de 1988.

A votação teve início às 7h e foi concluída às 17h. Diante da demora do TSE em apurar os votos, os memes pipocaram nas redes sociais. Entre as postagens cômicas atribuídas, Bolsonaro e Russomano eram comparados ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que escreveu em letras garrafais "Parem a contagem (Stop the count)", quando o democrata Joe Biden virou e tomou a liderança no estado da Pensilvânia. Apesar de Biden ter a vitória reconhecida pelos meios de imprensa e pela maioria dos líderes globais desde o último fim de semana, até agora, Trump não reconheceu a derrota.

Boca de urna
Na pesquisa de boca de urna do Ibope, o prefeito Bruno Covas, liderava as intenções de voto, com 33%, enquanto Guilherme Boulos tinha 25% da preferência. 

Em terceiro lugar ficou o Marcio França, com 13%. Celso Russomanno, que costuma largar bem nas pesquisas inicias, mas perde força na apuração de fato, registrou apenas 8% das intenções de voto, ficando em quarto lugar, empatado com Arthur do Val e com Jilmar Tatto. 

A margem de erro é de dois pontos percentuais para baixo ou para cima.

Ocorrências
O boletim do TSE das 17h30, apontou 51.977 urnas tiveram problemas de contingência e 3.381 foram substituídas.

O relatório contabilizou 704 ocorrências registradas, com 55 candidatos presos e outros 37 flagrados em algum tipo de conduta irregular.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Vídeo mostra confusão envolvendo agentes da CTTU em Santo Amaro
Brasil: PIB deve crescer 8,8% no terceiro trimestre
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão #157 Doença em destaque: filariose
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 02/12
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco