Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Negociação

'Não existe boa ou velha política. O que existe é a política bem feita', diz FBC sobre Centrão

Publicado em: 03/06/2020 15:38

Fernando Bezerra Coelho é líder do governo no Senado Federal (Divulgação)
Fernando Bezerra Coelho é líder do governo no Senado Federal (Divulgação)
Durante a pandemia da covid-19 o presidente Jail Bolsonaro (PSL) iniciou uma série de acenos ao Centrão, grupo político do Congresso Nacional conhecido pela habilidade de negociação de cargos e favores. Neste sentido, nas últimas semanas o presidente chegou a aceitar as indicações dos partidos para cargos nomeados pelo governo federal. 
Em entrevista a uma rádio local nesta quarta-feira, o líder do governo Bolsonaro no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB), comentou esta aproximação. De acordo com o emedebista, a crise causada pela pandemima vai exigir medidas duras, que dependerão da aprovação do Congresso Nacoinal.
“Não existe boa ou velha política. O que existe é a política bem feita. É preciso ter maioria no Congresso Nacional. É preciso formar coalizão e ter laços de aproximação. Ao longo do ano passado, houve altos e baixos na relação com o Parlamento, mas o Congresso eleito tem forte identidade com a agenda econômica do governo Bolsonaro. No início deste ano, com a chegada da pandemia, o presidente percebeu que o Brasil vai precisar de medidas duras, e iniciou contato maior com os partidos”, disse. 
MP 975 
Medida provisória (MP) 975, que facilita o acesso a crédito para pequenas e médias empresas foi editada pelo governo federal nesta terça-feira (2). A MP altera a lei que trata da participação da União em fundos garantidores de risco de crédito para micro, pequenas e médias empresas e para produtores rurais e suas cooperativas; e também a Lei 13.999, de 2020, que instituiu o Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe). 
De acordo com previsão do líder do governo Bolsonaro no Senado, haverá uma forte contratação de empréstimos por micro e pequenas empresas após a publicação da medida provisória que cria o Programa Emergencial de Acesso ao Crédito. A MP 975 tem potencial para destravar o crédito para as empresas em dificuldade por causa da pandemia do coronavírus, já que remove entraves e institui um fundo garantidor para os empréstimos.
“O que ocorreu, e a gente reconhece como uma crítica legítima, é que o programa de crédito para micro e pequenas empresas não funcionou bem, mas o governo editou nova medida provisória refazendo o programa e instituindo um fundo garantidor para os empréstimos. Eu acredito que vai se iniciar nesta semana uma forte de contratação junto a micro e pequenas empresas”, afirmou o líder em entrevista à uma rádio local.
No total, FBC, o governo federal já editou 20 medidas provisórias e investiu R$ 445 bilhões em ações para enfrentar a pandemia e minimizar os impactos sociais e econômicos. Os recursos foram destinados para a proteção de trabalhadores informais e com carteira assinada, ajudar empresas e socorrer estados e municípios.  
Repasse
Fernando Bezerra Coelho reforçou também sobre o repasse de R$ 49,8 milhões em recursos extraordinários do Ministério da Saúde para 18 municípios de Pernambuco reforçaram as medidas de enfrentamento à pandemia do coronavírus. A articulação do senador assegurou a destinação de R$ 5 milhões para Caruaru, no Agreste pernambucano. “São recursos exclusivos para a área da saúde de modo que as prefeituras poderão ampliar o número de testes, contratar profissionais e reforçar a compra de medicamentos e insumos neste momento que a área da saúde está sobrecarregada.”
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Rua do Bom Jesus está no topo do ranking das mais belas, diz revista americana
Destaques da semana: restaurantes vão reabrir, Bom Jesus entre as mais belas ruas e volta do futebol
10/07 Manhã na Clube com Rhaldney Santos
Itália proíbe entrada de viajantes brasileiros
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco