Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

COVID-19

João Paulo apresenta PL para informações sobre pandemia nas contas de luz e água

Publicado em: 31/03/2020 17:25 | Atualizado em: 31/03/2020 17:42

 (Foto: Alepe)
Foto: Alepe

O deputado estadual João Paulo (PCdoB) apresentou nesta terça (31) dois projetos de lei na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). O parlamentar quer que seja obrigatória a presença de fisioterapeutas em UTIs, além da disponibilidades de informações sobre a pandemia nas contas de água e luz dos pernambucanos.

 

As tramitações ocorrem por meio de programas à distância, obedecendo as orientações sanitárias devido à pandemia do novo coronavírus. O primeiro PL obriga a veiculação de informações sobre medidas de prevenção e combate a surtos, endemias, epidemias e pandemias nos boletos de pagamento de tarifas de água e energia. O projeto também prevê a divulgação das campanhas de vacinação nas contas que a população recebe em casa.

 

“Queremos garantir mais um canal de comunicação seguro com a população. Temos visto, durante esse grave momento na saúde pública  mundial, que as fake news continuam sendo fabricadas e colocando em risco a vida das pessoas. É essencial o acesso a informações confiáveis durante a pandemia e também quando isso passar”, disse João Paulo. Ele fez referência à propagação de notícias falsas informando sobre uma suposta manipulação dos números de casos da Covid-19, além do uso de medicamentos sem comprovação científica.

 

Para o parlamentar, a medida ampliariaa divulgação de informações já que as contas de água e luz chegam quase que na totalidade das casas do Estado. O segundo projeto requer a presença obrigatória de profissionais de fisioterapia nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) dos hospitais públicos e privados do Estado de Pernambuco. O PL

estipula o número de um fisioterapeuta a cada dez leitos, durante 24 horas, nas modalidades adulto, neonatal e pediátrica.

 

“A presença desses profissionais é  essencial para o tratamento de pacientes acometidos pelo novo coronavírus, já que a forma mais grave da doença afeta criticamente a capacidade respiratória” , acredita o deputado.

 

“Mas o projeto não tem validade só para a pandemia. É importante que permaneça, já que a intervenção dos fisioterapeutas promovem importantes benefícios clínicos a pacientes internados por diversos motivos nas UTIs”, argumtou.

 

De acordo com o comunista, em alguns hospitais é comum que os fisioterapeutas se dividam entre atendimento nas Unidades Intensivas e em outras modalidades de internamentos. O PL determina a exclusividade desses profissionais nas UTIs. As unidades de saúde também serão obrigadas a dispor de coordenador técnico-científico da equipe de fisioterapia com especialidade em Terapia Intensiva, caso o projeto seja implementado. 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Registro de armas dispara no Brasil durante governo Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco