Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

Pandemia

Governo federal lança campanha "o Brasil não pode parar"

Publicado em: 27/03/2020 14:07 | Atualizado em: 27/03/2020 15:02

Em meio a pandemia do coronavírus e a crescente de casos notificados da doença no Brasil, o governo federal anunciou a campanha "o Brasil não pode parar". O lançamento aconteceu - de forma extraoficial - na manhã desta sexta-feira (27) e tem como mote a defesa da flexibilização do isolamento social, medida que foi adotada pelos governadores e prefeitos do país, como uma forma de mitigar o contágio da covid-19.

O vídeo tem a assinatura do governo, mas até o momento não chegou a ser veiculado nas contas de redes sociais oficiais da gestão Bolsonaro. Tendo sido compartilhado apenas pelo filho do presidente, senador Flávio Bolsonaro. No perfil do instagram do governo federal, uma publicação da última quarta-feira (25) diz que "no mundo todo, são raros os casos de vítimas fatais do coronavírus entre jovens e adultos”.

O vídeo compartilhado nesta sexta não chega a citar dados da doença e nem da Organização Mundial de Saúde (OMS), se limitando a debater o futuro da economia, caso os trabalhadores não retomem os seus postos e voltem a exercer suas atividades.

O discurso para priorizar a economia foi feito pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido), pela primeira vez, na última terça-feira (24) em rede nacional de televisão. A fala do gestor não agradou governadores e prefeitos, que determinaram que os Estados devem continuar a seguir o isolamento social.  

 

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Toalhas de Lula e Bolsonaro movimentam o comércio e dão o tom das eleições
Desemprego cai a 9,8% entre março e maio no Brasil
Manhã na Clube: entrevistas com o deputado federal Daniel Coelho e com a Dra. Magda Maruza
Registro de armas dispara no Brasil durante governo Bolsonaro
Grupo Diario de Pernambuco