Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Digital Digital Digital Digital
Digital Digital Digital Digital
Notícia de Política

RELAÇÕES

Evangélicos pedem total isenção fiscal na reforma tributária

Publicado em: 01/02/2020 10:44 | Atualizado em: 01/02/2020 11:06

 (Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom)
Foto: Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom
Representantes da bancada evangélica no Congresso vão tentar garantir a imunidade total de impostos para igrejas na reforma tributária. Há um texto pronto para ser incluído na Proposta de Emenda à Constituição (PEC), que visa tratar das mudanças no modelo fiscal do país.
 
A reforma tributária é uma das pautas econômicas que serão tratadas como prioridade pelo Legislativo em 2020. 
 
De acordo com o presidente da Frente Parlamentar Evangélica no Congresso, o deputado Silas Câmara (Republicanos-AM), a ideia é definir a extensão da imunidade tributária que, segundo ele, apesar de prevista da Constituição, ainda é vaga. 
 
Apesar de a bancada evangélica ser a autora da emenda, outras instituições religiosas, como a Igreja Católica, também poderão ser beneficiadas.
 
Na Constituição, há a proibição quanto à cobrança de impostos para “templos de qualquer culto”, mas governos em diferentes localidades têm encontrado brechas para cobrar tributos.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Estudante abre fogo e mata pelo menos seis pessoas em universidade russa
Manhã na Clube: entrevista com Anderson Ferreira, prefeito de Jaboatão dos Guararapes
As mães em plena pandemia: casal paulista adota cinco irmãos de Serra Talhada
Bolsonaro aumenta IOF para custear novo Bolsa Família
Grupo Diario de Pernambuco