Diario de Pernambuco
Diario de Pernambuco
Notícia de Política

Missão na Europa

Governadores nordestinos apresentaram oportunidades de investimentos na França

Publicado em: 18/11/2019 13:02 | Atualizado em: 18/11/2019 15:50

Governadores nordestinos fizeram a apresentação para 40 empresários franceses. (Foto: Elisa Elsie/Divulgação.)
Governadores nordestinos fizeram a apresentação para 40 empresários franceses. (Foto: Elisa Elsie/Divulgação.)

Na primeira articulação internacional do Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável do Nordeste (Consórcio Nordeste), a agenda dos governadores da região em viagem para missão na Europa teve início nesta segunda-feira, em Paris, na França. Um mapa de oportunidades de investimentos no Nordeste foi apresentado pelo grupo para 40 empresários franceses, que aproveitaram a oportunidade para tirar dúvidas com os governadores e também para apresentar a atuação que já possuem no Nordeste.

Na missão para a Europa, os governadores nordestinos esperam atrair recursos para áreas integradoras, como sustentabilidade, infraestrutura, turismo, saúde, segurança pública, saneamento e energias limpas, inclusive com a perspectiva de abertura de parcerias público-privadas (PPP). Para tanto, o governador da Bahia e presidente do Consórcio Nordeste, Rui Costa, apresentou aos franceses as oportunidades em segmentos como energia, conectividade, segurança, além da preservação de rios e nascentes. Para ele, a visita pode ampliar a relação comercial do Nordeste com a Europa e ele ressalta que a região tem 33 projetos para licitar em PPPs, representando R$ 27 bilhões em investimentos.

Segundo o diretor geral do tesouro francês, Cristophe Bories, o Nordeste tem três vezes a superfície da França e tem desafios e oportunidades para as empresas francesas. Inclusive, ele mencionou que as autoridades francesas estão mobilizadas para apoiar projetos no Brasil através de financiamentos, podendo gerar vários tipos de cooperação. Luis Cesar Gasser, representante do Itamaraty presente na reunião, afirmou que o Governo Federal vê potencial nessa parceria do Nordeste com a Europa e pretende aprimorar o que for preciso para atrair mais investimentos estrangeiros. Já o membro do Movimento das Empresas da França (Medef), Gérard Wolf, sugeriu uma reunião nos próximos meses em Salvador para aprofundar as discussões com as empresas francesas.

Para o governador de Pernambuco, Paulo Câmara, os estados nordestinos enfrentam desafios semelhantes e estão, a partir do Consórcio, buscando alternativas comuns para superar as adversidades e planejar uma agenda para o futuro. "Mas isso sem deixar de olhar o curto prazo. Essa missão reforça a unidade da nossa região e nos permite apresentá-la na busca por mais parcerias internacionais, que dialogam com o que pensamos sobre desenvolvimento e sustentabilidade", comentou.

Além de Paris, o grupo estará em Roma, na quarta-feira (20), e em Berlim, na quinta (21) e sexta-feira (22).

Consórcio
O Consórcio Nordeste tem como objetivo ampliar o fluxo de negócios com investidores europeus e fortalecer as relações de cooperação e ele destaca o potencial de consumo e de desenvolvimento da região nordestina, que reúne 57,1 milhões de habitantes e tem um Produto Interno Bruto (PIB) de R$ 898,1 bilhões, equivalente a 14% do PIB brasileiro.
Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.
Moradores cobram inauguração da Upinha Rio da Prata
A importância de um atendimento farmacêutico correto
Primeira Pessoa com Padre Reginaldo Veloso
Sobre Vidas: Casinha - Associação dos Amigos da Vila do Papelão
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco