Operação Carne Fraca Polícia Federal cumpre 68 mandados de busca e apreensão em nove estados

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 01/10/2019 08:40 Atualizado em:

Marcello Casal Jr/Agência Brasil
Marcello Casal Jr/Agência Brasil
O crime de corrupção passiva praticados por auditores fiscais agropecuários em nove estados - Paraná, São Paulo, Santa Catarina, Goiás, Mato Grosso, Pará, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Rio de Janeiro - é alvo da 4ª fase da operação Carne Fraca, deflagrada pela Polícia Federal e intitulada Romanos.

Na operação, cerca de 280 agentes cumprem 68 mandados de busca e apreensão nos estados. As medidas cautelares foram expedidas pela 1ª Vara Federal de Ponta Grossa/PR.

A Polícia Federal conta com a colaboração espontânea do grupo empresarial do ramo alimentício que teria sido beneficiado pelo esquema. Segundo a Polícia Federal, a investigação aponta para que R$ 19 milhões teriam sido usados em pagamentos indevidos de planos de saúde e contratos fictícios firmados com pessoas jurídicas que representavam o interesse dos fiscais. Os crimes teriam sido interrompidos em 2017, quando o grupo alimentício passou por uma reestruturação.


Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.