Ordem Guedes: pacto federativo será prioridade do governo após nova Previdência

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 09/10/2019 21:46 Atualizado em:

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
 (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
)
Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Após a aprovação da Reforma da Previdência em segundo turno no Senado, a prioridade da equipe econômica do governo será o pacto federativo, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes, nesta quarta-feira (9). A reforma administrativa faz parte do projeto, que deve ser enviada nas próximas semanas. 

"Estamos na expectativa de o Senado aprovar a Reforma da Previdência. Parece que está andando tudo direitinho e, assim que fechar isso, entramos na próxima fase, que é o pacto federativo”, disse o ministro, após visita ao jornal Folha de S.Paulo. Ele definiu a reforma administrativa como “um capítulo desse plano maior que é o pacto federativo". 

O ministro comemorou o IPCA de setembro, divulgado nesta quarta-feira, que mostrou deflação. "Inflação baixa mostra que o Brasil tem condições de baixar juros", disse. Segundo ele, é um sinal de que a economia “está começando a crescer com inflação baixa". 

Guedes não comentou a possível interferência do impasse entre o presidente Jair Bolsonaro e o PSL na agenda econômica do governo. Disse apenas que “não entende nada de política, troca de partido, essas coisas”. 



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.