Inquérito Moro pede investigação a autores de filme que faz referência a sua filha

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 04/09/2019 22:13 Atualizado em:

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil
O ministro da Justiça, Sérgio Moro, pediu que a Polícia Federal abra inquérito para investigar os autores de uma curta metragem em que a filha dele aparece como vítima de sequestro. No vídeo, publicado no site YouTube, a filha do ministro está em poder de criminosos, que exigem a libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para que a garota seja libertada.

De acordo com o Ministério da Justiça, Moro solicitou abertura de inquérito por ameaça e apologia ao crime por parte dos diretores do filme. A produção "Operação Lula Livre" tem 15 minutos e mostra uma garota sequestrada. No roteiro, a garota é apresentada como a "filha do ministro da Justiça e Segurança Pública, Sério Mauro (SIC)". 

Nas cenas do cativeiro, uma caricatura do ex-presidente Lula aparece na parede, junto a uma bandeira da cor vermelha. Na peça de ficção, o nome completo do ex-presidente é apresentado como "Luiz Jararaca da Silva". Os atores gritam o bordão "Lula livre", usado no mundo real para pedir a libertação do petista, condenado por ter supostamente recebido um apartamento no Guarujá em forma de propina repassada pela construtora OAS.

Confira o curta: 




Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.