conflito Conversa entre Moro e Bolsonaro quase resulta na saída do ministro do cargo

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 04/09/2019 16:00 Atualizado em: 04/09/2019 17:01

Foto: Marcos Corrêa/PR
Foto: Marcos Corrêa/PR
Em encontro no Palácio do Planalto, na última quinta-feira (29), o Ministro da Justiça, Sérgio Moro, obteve uma conversa conflituosa com Jair Bolsonaro. Segundo interlocutores, o encontro quase causa a saída de Moro do governo. 

O cenário foi contornado a tempo, após Bolsonaro declarar que teria muito a perder com uma eventual saída do ministro. Durante o evento, que foi um lançamento sobre a terceira fase de uma operação de combate à pedofilia, o presidente ainda se referiu à Moro como 'superministro'.

Um dos fatores que contribuíram para a conversa ficar mais áspera, foi a persistência de Bolsonaro em fazer modificações no comando da PF. O presidente afirmou que foi eleito para alterar a forma como o Brasil vinha sendo conduzido, caso contrário, não valeria a pena ocupar o cargo de presidente.

O posicionamento do presidente foi explicitado quando Bolsonaro disse ser preciso dar uma 'arejada' na PF e conversou com o ministro sobre a troca do diretor-geral, Maurício Valeixo. 'Está tudo acertado com o Moro, ele pode trocar (Maurício Valeixo) quando quiser.'

Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.