Programa 'Alepe nos Municípios' chega ao Cabo de Santo Agostinho

Publicado em: 06/09/2019 20:53 Atualizado em:

Foto: Divulgação (Foto: Divulgação)
Foto: Divulgação
Nesta segunda-feira (9), os alunos da Escola Técnica Estadual Epitácio Pessoa, no Cabo de Santo Agostinho, e os moradores da cidade terão uma aula inovadora e ao mesmo tempo lúdica sobre as atribuições da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). A proposta do programa ‘Alepe nos Municípios’, que está em sua terceira rodada, é promover um bate papo descontraído com a população e acontecerá à tarde na comunidade. Através de palestras e dinâmicas de perguntas e respostas, os participantes poderão conhecer a atuação dos deputados, os canais disponíveis para acompanhar os trabalhos dos parlamentares dentro e fora da Casa e ainda descobrir os caminhos para apresentação de projetos de lei.

Assim como em outras cidades visitadas pelo ‘Alepe nos Municípios', será disponibilizada uma ouvidoria itinerante para o acolhimento de sugestões e críticas da população. A deputada estadual Fabíola Cabral (PP) acredita que é essencial o deslocamento do Poder Legislativo para as 184 cidades pernambucanas.  “Acredito que o Alepe nos Municípios tem a capacidade de aproximar os cidadãos da política, fazendo com que eles se sintam acolhidos e representados. A população precisa cada vez mais ter conhecimento do funcionamento da Assembleia para entender corretamente o papel dos deputados. Por último, mas não menos importante, poderemos através dessa iniciativa ouvir as principais críticas, sugestões e demandas do povo”, enfatizou a parlamentar. 

Além do Cabo de Santo Agostinho, o ‘Alepe nos Municípios pretende visitar mais outras cidades. Dentre as 184 existentes em Pernambuco, o programa já passou por Timbaúba e Ipojuca. A proposta, de acordo com o presidente da Alepe Eriberto Medeiros, é o de aproximar a população das decisões políticas fazendo com que os estudantes e eleitores opinem, sugiram, cobrem e ainda discutam projetos de lei que visem melhorar a vida dos moradores e os serviços prestados no estado. “Nossa missão é fazer com que as pessoas possam interagir de maneira mais rápida com o Poder Legislativo, mostrando o que pode e o que não é de responsabilidade dos deputados. É importante lembrar que a Alepe é a Casa de Todos os Pernambucanos”, destacou Medeiros.



Os comentários abaixo não representam a opinião do jornal Diario de Pernambuco; a responsabilidade é do autor da mensagem.