Pernambuco.com
Pernambuco.com
Recorde Cão mais velho do mundo morre aos 30 anos, na Austrália Maggie, uma Kelpie Australiana, foi adotada ainda filhote

Por: Diario de Pernambuco

Publicado em: 20/04/2016 10:35 Atualizado em: 20/04/2016 11:58

Maggie foi enterrada em um túmulo marcado sob um pinheiro, na fazenda onde viveu Foto: The Guardian/Reprodução (Maggie foi enterrada em um túmulo marcado sob um pinheiro, na fazenda onde viveu Foto: The Guardian/Reprodução)
Maggie foi enterrada em um túmulo marcado sob um pinheiro, na fazenda onde viveu Foto: The Guardian/Reprodução

Um cachorro da raça Kelpie Australiano, considerado o cão mais velho do mundo, faleceu esta semana, numa fazenda na Austrália. Maggie, como se chamava a fêmea que foi adotada ainda filhote, tinha cerca de 30 anos.

Maggie recebeu atenção da mídia em novembro do ano passado, depois que seu dono, o fazendeiro Brian McLaren, afirmou que a Kelpie seria o cão mais velho do mundo. Os donos, no entando, não possuíam nenhuma documento de propriedade ou provas da idade de Maggie. Assim, o Livro dos Recordes reconheceu Bluey, um cão australiano que morrem em 1939 com 29 anos.

Maggie foi enterrada em um túmulo marcado sob um pinheiro, na fazenda onde viveu.

Unicap inova em plena pandemia e transforma centros acadêmicos em escolas
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 26/02
Ovelha perde 35kg de lã após cinco anos sem tosa na Austrália
Covid longa preocupa OMS e desperta desafios
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco