Pernambuco.com
Pernambuco.com
Nova amizade Inglesa adota cadelinha que a salvou de abuso sexual na Grécia Após a adoção, Georgia descobriu que Pepper estava grávida de seis filhotes

Publicado em: 25/08/2015 12:04 Atualizado em:

Georgia adotou Pepper após a cachorrinha salvá-la de ataque na Grécia. (Foto: Reprodução/telegraph.co.uk)
Georgia adotou Pepper após a cachorrinha salvá-la de ataque na Grécia. (Foto: Reprodução/telegraph.co.uk)

Georgia Bradley, universitária inglesa de 25 anos, passava as férias na ilha de Creta, na Grécia, quando foi abordada por dois rapazes, que a convidaram para tomar um drink. Houve uma confusão, a moça foi agredida e quase violentada sexualmente, se uma cachorrinha abandonada não tivesse aparecido para afugentar os homens.

A cadelinha, batizada como Pepper, latiu até eles irem embora, assustados. O namorado de Georgia estava em um café nas redondezas naquela hora, e a moça havia resolvido, então, dar uma volta pela praia, quando o ataque aconteceu. 

Pepper seguiu Georgia até o local onde ela estava hospedada. Porém, assustada, não permitia aproximação, ficando ainda mais nervosa. A estudante ainda tentou que um abrigo animal da localidade ficasse com a cachorra, sem sucesso. 

De acordo com o "The Telegraph", ao voltar para a Inglaterra, a jovem decidiu que retornaria à Grécia para adotar Pepper. Georgia só conseguiu realizar seu desejo na terceira viagem a Creta, quando encontrou a cadela no mesmo local do ataque. 

Para conseguir levar o animal para a Inglaterra, Georgia precisou deixá-la em quarentena em canis, vermifugá-la e expedir um passaporte para animais de estimação. Então, uma semana após a chegada, a surpresa: Pepper, que é resultado de cruzamento entre Terrier e Poodle, estava grávida de seis filhotes. 


TAGS:
Rhaldney Santos entrevista o candidato à prefeitura do Recife Carlos de Andrade Lima (PSL)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #164 Atrópodos: a importância da quitina
Pernambuco investe R$ 47,2 milhões na agricultura familiar
Rhaldney Santos entrevista o ortopedista Leonardo Silveira
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco