Pernambuco.com
Pernambuco.com
Cuidados Animais do Zoo de Brasília fazem acupuntura e laserterapia contra estresse Na manhã desta quinta-feira (30/7), uma lhama, uma arara canindé, um tucano toco e uma perdiz receberam a terapia no hospital da instituição

Por: Bernardo Bittar - Correio Braziliense

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 30/07/2015 14:34 Atualizado em:

Arara passa por terapia
Arara passa por terapia


O Zoológico de Brasília utiliza novas técnicas de tratamento para curar animais cuja terapia convencional não é mais suficiente. Entre elas, a acupuntura — reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária — e a laserterapia. O trabalho é realizado por meio de uma parceria entre a instituição e a iniciativa privada, mas sai de graça.
Tucano passa por terapia
Tucano passa por terapia


As modalidades servem não apenas para tratar doenças físicas, mas também melhoram o emocional dos bichinhos. Na manhã desta quinta-feira (30/7), uma lhama, uma arara canindé, um tucano toco e uma perdiz receberam a terapia no hospital do Zoológico. Segundo o diretor da unidade, o médico veterinário Rafael Bonorino, “isso facilita o bem-estar das espécies”, explicou.
[FOTO3]

Desde que foi adotada pela direção do Zoo, há aproximadamente um ano, a acupuntura é realizada em animais com enfermidades crônicas. Um macaco, uma tigresa, um quati e alguns aracnídeos são exemplos de bons resultados. “Percebemos melhoras significativas. São tratamentos muito eficazes e que estão sendo feitos em parceria com consultórios veterinários do DF”, acrescentou Bonorino.

Rhaldney Santos entrevista a radiologista Mirela Ávila
Rhaldney Santos entrevista o candidato à prefeitura do Recife Carlos de Andrade Lima (PSL)
Enem para todos com professor Fernandinho Beltrão #164 Atrópodos: a importância da quitina
Pernambuco investe R$ 47,2 milhões na agricultura familiar
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco