Pernambuco.com
Pernambuco.com
Salvamento Polícia resgata cachorro preso em carro a 65ºC na Georgia (EUA) Dono do cão fazia compras enquanto o animal sofria com o superaquecimento no interior do veículo

Por: Correio Braziliense

Publicado em: 19/06/2015 08:40 Atualizado em:


Quando policiais de Roswell, no estado americano da Georgia, foram acionados para resgatar um cachorro no banco traseiro de um carro, não imaginavam que a temperatura no interior do veículo chegava a 65ºC. O animal estava ofegante e debilitado.

Um vídeo gravado pelos agentes e divulgado na página do Departamento de Polícia de Roswell em uma rede social mostra os agentes lendo em voz alta o resultado do termômetro. As janelas da frente do carro foram deixadas abertas, mas ainda assim o veículo atingiu temperaturas extremas, o que enfraqueceu o cão.

Os policiais tiveram de arrombar o veículo para libertar o animal. Em seguida, eles o refrescaram com uma mangueira e lhe deram água para beber, antes de multar o dono por negligência e crueldade.

"Não há nada que nos entristece mais do que ver um cão em perigo", disse a polícia de Roswell na rede social. "Enquanto o dono do cachorro estava fazendo compras dentro de loja fresca, com ar-condicionado, seu animal estava sofrendo no interior do veículo quente e sufocante", acrescentou. O departamento de polícia disse, ainda, que o cãozinho está bem. 

Durante o verão americano, humanos e animais jamais devem ficar trancados em carros. Os veículos podem superaquecer em questão de minutos. De acordo com a Sociedade Americana pela Prevenção de Crueldade contra Animais (ASPCA), em dias com "temperatura a 25ºC, o calor dentro de um automóvel estacionado pode chegar a 71ºC, mesmo se as janelas estiverem abertas".


A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco