Pernambuco.com
Pernambuco.com
Reencontro Labradora cega que havia se perdido no Alaska é resgatada Madera desaparecera no início de fevereiro e foi encontrada em uma floresta, duas semanas depois

Por: Mike Torres - Diario de Pernambuco

Publicado em: 02/03/2015 11:27 Atualizado em: 02/03/2015 11:45

Imprensa norte-americana repercutiu o caso de Madera. Foto: abcnews.com/Reprodução
Imprensa norte-americana repercutiu o caso de Madera. Foto: abcnews.com/Reprodução

Uma cachorra da raça labrador retriever foi resgatada mais de duas semanas depois de intensa procura. Madera, como é chamada, havia se perdido de Ed Davis, seu dono, no dia 6 de fevereiro, na cidade de Ester, Alaska. Uma das mais gélidas dos Estados Unidos, a temperatura no local pode chegar a 40 graus negativos. Se o frio intenso já seria um fator de preocupação, Davis se angustiou ainda mais por Madera sofrer de uma doença autoimune que a deixou completamente cega.

A cachorrinha de pelos negros foi encontrada por Constantine Khrulev, no momento em que este passava de bicicleta por uma floresta. Khrulev estava acompanhado de seu cão, que utilizava um sino no pescoço. O sino, por sua vez, chamou a atenção de Madera, que foi ao encontro da dupla salvadora, guiando-se pelo som do objeto. Em tempo: Khrulev recusou a recompensa de U$ 100 oferecida pelo dono da labradora, pedindo que o dinheiro fosse doado a um fundo de resgate de animais. Davis, impressionado com o gesto, acabou doando a quantia de U$ 250. O caso repercutiu na imprensa norte-americana.

A Justiça está realmente cuidando das crianças no centro de disputas familiares?
Cacique Raoni pede ao presidente dos EUA que ignore Jair Bolsonaro
Manhã na Clube com Rhaldney Santos - 16/04
Carta aberta pede quebra de patentes de vacinas de Covid-19
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco