Pernambuco.com
Pernambuco.com
Saúde Vai viajar? Saiba como evitar o enjoo de cães no carro O movimento do carro pode deixar os peludos com mal-estar e causar até vômitos

Por: Juliana Freire

Publicado em: 02/02/2015 09:51 Atualizado em: 02/02/2015 11:32

Para evitar que Loly passe mal no carro, o tutor dela dá um remédio contra enjoos. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press
Para evitar que Loly passe mal no carro, o tutor dela dá um remédio contra enjoos. Foto: Annaclarice Almeida/DP/D.A Press

Quem vai pegar a estrada para passar o carnaval fora e vai levar o bichinho de estimação tem que ficar atento à saúde do animal. Da mesma forma que algumas pessoas sentem enjoos e mal-estar em viagens de carro e ônibus, os cachorros também estão sujeitos a esses males.

A cadelinha da raça poodle Loly, de seis anos, enjoa após alguns minutos dentro de um carro em movimento. O tutor dela, o estudante de Publicidade Aguinaldo Marques, conta que, no começo da viagem, Loly até que se diverte. “Ela ou vai deitadinha no colo e gosta de ficar com a cabeça na janela com os cabelos aos ventos”, conta. O bem-estar durava pouco e Aguinaldo percebia claramente as mudanças: “Poucos minutos antes de vomitar, ela deitava e ficava quietinha, acho que por causa do enjoo. Então ouvia um som estranho como se ela tivesse fazendo força para sair algo. Ela vomitava e depois disso continuava quietinha deitada”, explica o estudante de 22 anos.

O veterinário Maurício Guerra explica que uma das causas do mal-estar canino em automóveis pode ser a sensibilidade a mudanças bruscas de velocidade. “O cão não está acostumado ao movimento mais acentuado do que o de uma caminhada, a movimentação e o recebimento de estímulos visuais em alta velocidade podem interferir no hipotálamo, que pode ser considerado o centro regulador. Quando ativado com estímulos diversos, pode originar enjoos e vômitos”, diz.

Algumas medidas podem ser úteis para evitar que cada passeio de carro seja um desconforto para o tutor e, principalmente, para o animal. Diminuir a quantidade de alimentos antes da viagem ou usar remédios indicados pelo veterinário podem tornar o passeio mais agradável. Além disso, é mais seguro transportar o cão em cadeirinha ou suportes específicos durante o percurso. Deixar o cachorro na janela ou solto no carro pode favorecer o mal-estar e ser perigoso em caso de acidentes.

Clique nas bolinhas vermelhas e confira as dicas para prevenir enjoo e vômitos do cão durante um percurso de carro:



Fonte: catálogo da fabricante de medicamentos Zoetis e orientações do veterinário Maurício Guerra (3227-0557/3271-4972)



Rhaldney Santos entrevista João Campos (PSB), candidato à Prefeitura do Recife
Rhaldney Santos entrevista o prefeito reeleito de Petrolina, Miguel Coelho
Aos 60 anos, morre Diego Maradona
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão #274 A dupla-fecundação das angiospermas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco