Pernambuco.com
Pernambuco.com
Pecão Cães e gatos também podem ter acne. Veja como tratar Doença é mais frequento em cães jovens e de pelo curto

Por: Juliana Freire

Publicado em: 12/01/2015 18:02 Atualizado em: 12/01/2015 18:16

Nos gatos, a região mais afetada é perto os bigodes (Flickr/Divulgação)
Nos gatos, a região mais afetada é perto os bigodes

As acnes não são só um pesadelo para os adolescentes, mas também para os animais de estimação. Essas erupções avermelhadas, que costumam aparecer em gatos e cachorros no queixo ou na região em torno da boca, têm origem em um folículo capilar bloqueado, que inflama e pode expelir secreção prurida ou com sangue.

Nos cachorros é considerada uma doença de “cão jovem”, porque costuma aparecer nos primeiros anos de vida do animal. Por se tratar de um processo inflamatório, pode vir associado a furunculose. Já nos gatos, não tem idade específica para se desenvolver e pode se apresentar na forma de comedões (cravos). Uma reclamação frequente no consultório da veterinária especialista em dermatologia Cintia Valadares é de clientes que reclamam de “pontinhos pretos” no queixo dos gatos.

Os casos de acne canina são mais frequentes em raças de pelo curto, mas a cadela da raça cocker spaniel Yule, de dois anos, é a prova de que as erupções podem aparecer nos cães de pelo longo também. A enfermeira e tutora Joice Cândido notou que sua cadela Yule estava com uma coceira intensa no focinho. No consultório, o diagnóstico: acne.

Depois que começou o tratamento com antibióticos e xampus, Joice percebeu uma melhora na pele de Yule e um controle da coceira. “É preciso prestar atenção no bichinho para perceber alguma melhora e para evitar que ele coma algum alimento que cause alguma reação”, afirma Joice.

O acompanhamento de veterinário e os cuidados com a higiene na região perilabial (ao redor da boca) são essenciais para evitar o reaparecimento das acnes.
ACNE EM PETS
 CÃESGATOS
IdadeComum no primeiro ano de vidaPode surgir em qualquer idade
Predisposição

Raças de cães de pelo curto. Ex: bulldog, boxer, weimaraner

Qualquer raça pode desenvolver
Tratamento

Antibióticos, xampus queratolíticos , pomadas à base de antibiótico

Pomadas e anti­-inflamatórios
Prevenção

Manter o queixo e a região perilabial sempre limpas e secas

Manter o queixo e a região perilabial sempre limpas e secas



Rhaldney Santos entrevista João Campos (PSB), candidato à Prefeitura do Recife
Rhaldney Santos entrevista o prefeito reeleito de Petrolina, Miguel Coelho
Aos 60 anos, morre Diego Maradona
Enem para todos com o professor Fernandinho Beltrão #274 A dupla-fecundação das angiospermas
Galeria de Fotos
Grupo Diario de Pernambuco